Tapuio Agropecuária lança mozzarella DiBufalo para churrasco

39
[tempo para leitura: 3 minutos]

A Tapuio Agropecuária está com uma novidade em seu portfólio de queijos de búfala. A empresa está lançando a Mozzarella DiBufalo para Churrasco nos estados do Nordeste, no formato de bolas de 50 gramas em embalagens de 1 Kg e também em embalagens de 600 gramas contendo quatro espetos de bambu com três bolas, cada.

A ideia de lançar o produto no Brasil nasceu de uma demanda especial de churrascarias brasileiras em Nova York, para onde a empresa já exporta regularmente.
“Levamos quase um ano de testes para chegar a um produto que apresentasse boa textura, ótimo sabor e não caísse do espeto. Decidimos apostar nessa novidade, porque além de sermos o único laticínio a fornecer mozzarellas 100% de búfala para os Estados Unidos, sabemos que o brasileiro adora churrasco, e o queijo assado na brasa é uma excelente opção de entrada”, explica Francisco Veloso, diretor executivo da empresa.

A diferença das mozzarellas de búfala convencionais para as de churrasco está principalmente na textura. Enquanto as mozzarellas de búfala comumente comercializadas são úmidas e apresentam um teor de gordura maior, as mozzarellas para churrasco são mais sequinhas, o que permite ao produto assar melhor, não derreter facilmente e ficar dourado e firme no espeto.

Com a chegada da mozzarella para churrasco DiBufalo às prateleiras, a empresa inova mais uma vez, sendo a pioneira a apresentar esse tipo de produto ao consumidor. Com isso, já são 12 itens no portfólio, que conta com a burrata, as mozzarellas em bola, em manta e em barra, dentre outros. A empresa prepara ainda mais três novidades a serem apresentadas ao consumidor em breve.

Expansão de negócios no Brasil e no mercado externo

A Tapuio atua no agronegócio desde 1991, contando com uma área de quase 500 hectares, onde tem 1.400 cabeças de búfalos, da raça Murrah, que é de origem indiana e reconhecida pela fácil adaptação ao clima árido. Desses animais, mais de 450 são búfalas em lactação, que produzem 3.000 litros de leite por dia, que resultam em cerca de 20 toneladas de queijos por mês. Na fazenda Tapuio, são gerados 146 empregos diretos.

Com faturamento de R$ 24,2 milhões em 2018, os produtos da Tapuio Agropecuária são distribuídos para todos os estados do Nordeste e para Goiás e Distrito Federal. A empresa também atua no mercado externo, com exportações para os Estados Unidos.

As possibilidades de ampliação da exportação são significativas: a empresa está negociando exportações para Argentina e Peru. “Percebemos que o bem-estar animal, com a criação de búfalos em pasto – e não em confinamentos, como é comum em outros países – é mais um diferencial valorizado no mercado externo”, enfatiza Veloso.

Para dar suporte ao seu plano de expansão de vendas dos derivados de leite de búfala no Brasil e no exterior, a Tapuio Agropecuária realizou em 2016 e 2017 um aporte de R$ 8 milhões, para captação e reuso das águas pluviais, instalação de biodigestor e aero gerador.

Do total, R$ 4 milhões foram destinados para a construção de uma nova ordenha de búfalas totalmente automatizada, que funciona como um carrossel. Trata-se do primeiro rebanho de búfalas do país a contar com essa tecnologia, que foi importada da Irlanda do Norte e o primeiro do gênero na América Latina que possibilitará dobrar a produção até 2021, saltando das atuais 20 toneladas de queijo por mês para aproximadamente 40 toneladas.

Em operação, a nova ordenha automatizada tem capacidade para ordenhar até 160 animais por hora. O investimento visa dar suporte ao plano de expansão, tanto no mercado interno quanto no mercado externo, já que a Tapuio é o único laticínio no Brasil autorizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) a exportar derivados de leite de búfalas.

* Imagem divulgação

Deixe uma resposta