Via Varejo irá disponibilizar alimentos em sites das Casas Bahia e do Pontofrio

274
[tempo para leitura: 2 minutos]

A Via Varejo irá integrar o e-commerce alimentos do Extra e os sites das Casas Bahia e Pontofrio. No próximo mês já estará disponível a realização de compras de eletrônicos na mesma cesta de produtos de outros sites, como itens básicos de alimentação, higiene e limpeza.

A companhia pretende ir expandindo o mix disponível aos poucos, iniciando com aproximadamente mil produtos. Com o aumento do portfólio, os três e-commerces ficarão cada vez mais integrados e com maior variedade.

“A partir de agora, as categorias de itens negociadas pelo time do Extra para o e-commerce alimentar da marca, também estarão disponíveis nos três sites da Via Varejo, oferecendo ainda competitividade aos canais, com um sortimento mais amplo, além de comodidade e preços competitivos aos clientes”, afirmou Paulo Naliato, diretor executivo de Operações da Via Varejo.

O objetivo da união dos sites é aumentar o fluxo de visitas nas páginas e a recorrência das compras, já que a frequência da compra de alimentos é muito maior que a de eletrônicos. A previsão da Via Varejo é aumentar a venda de alimentos em 3 dígitos nos próximos meses. Este foi o pensamento da Amazon na aquisição da rede de supermercados de alimentos orgânicos Whole Foods.

Os itens de compra recorrente serão incluídos no portfólio das Casas Bahia e do Pontofrio e terão as mesmas condições de pagamento e promoções vigentes destes sites. A intenção é que o consumidor consiga comprar tudo com um único acesso.

A entrega dos produtos será feita separadamente, em lotes diferentes, mesmo que tenham sido adquiridos juntos, porque o sortimento de alimentos permanece sob os cuidados do Extra. O cliente irá receber um e-mail de confirmação de todas as compras, cada uma com seu respectivo prazo.

“Essa iniciativa está totalmente alinhada com nossa estratégia digital. O cliente é multicanal, e nós precisamos acompanhá-lo e atendê-lo da forma como ele quer, e onde ele quiser”, disse Antonio Salvador, diretor de Transformação Digital e E-commerce do GPA, controlador do Extra.

*Imagem reprodução

Deixe uma resposta