Shoppings preveem alta nas vendas para o Dia das Mães

624
[tempo para leitura: 1 minuto]

As expectativas do comércio são otimistas com relação às vendas para o Dia das Mães, a segunda data mais importante do setor. De acordo com estimativa da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), o movimento do varejo da capital paulista deve crescer cerca de 2% em relação ao mesmo período de 2018. Tradicionalmente, os segmentos mais procurados no Dia das Mães são os de roupas, calçados, flores, perfumaria e joalheria.

De acordo com pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), os shopping centers despontam como o principal centro de compra do Dia das Mães deste ano: mais de um terço (34%) dos consumidores devem realizar a maior parte das compras nesse tipo de estabelecimento.

A partir desse cenário, a administradora de shopping centers Sonae Sierra Brasil acredita que o Dia das Mães deve aquecer as vendas pelos próximos dias, pois a recuperação econômica do Brasil está em andamento. “Estamos confiantes que teremos bons resultados em vendas e fluxo de pessoas para a data”, afirmou André Lupo, diretor executivo de Operações da Sonae Sierra Brasil.

Para potencializar as vendas, os shoppings da companhia desenvolveram ações para ajudar os clientes com diversas sugestões para as mães. Um Guia de Presentes produzido especialmente para a data traz um mix de presentes contendo looks e itens variados. Os produtos vão desde eletrônicos a cosméticos e acessórios. Os shoppings Passeio das Águas (Goiânia, GO) e Boulevard Londrina (Londrina, PR) lançaram promoções que irão sortear, respectivamente, viagens e um carro. A companhia também está realizando a campanha “Ela é quem mais entende você”, que conta com a divulgação de peças com crianças fazendo declarações espontâneas para suas mães.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta