Walmart lança entrega gratuita para o dia seguinte nos EUA

619
[tempo para leitura: 3 minutos]

A entrega rápida e gratuita vem gerando disputa entre os varejistas. Apenas duas semanas após a Amazon ter expandido seu frete grátis para os clientes Prime membros, o Walmart passou a oferecer entrega gratuita no dia seguinte para uma seleção de 220.000 itens populares. A companhia também anunciou que está construindo uma rede de centros de distribuição de comércio eletrônico mais eficiente para permitir esta estratégia.

O serviço de entrega no dia seguinte incluirá itens como fraldas e alimentos não perecíveis, até brinquedos e eletrônicos. Isso é quase o dobro do número de produtos que o Walmart tem em suas lojas. O valor mínimo de compras para o serviço será de US$ 35. A princípio, a modalidade estará disponível em Phoenix, Arizona e Las Vegas e se expandirá para o sul da Califórnia. O plano da gigante varejista é lançar o serviço para 75% da população dos EUA até o final do ano. Ela também adicionará centenas de milhares de produtos à medida que o programa se expandir.

O Walmart disse que seu novo programa de entrega está em andamento há algum tempo. “As expectativas dos clientes continuam a subir”, disse Marc Lore, CEO da divisão de comércio eletrônico dos EUA do Walmart. “Estamos tentando superar isso.”

A medida só aumentará a pressão sobre outros rivais que já estão investindo milhões de dólares para encurtar o prazo de entrega. A Amazon mudou as expectativas dos consumidores quando lançou sua entrega de dois dias para os membros do Prime em 2005 e forçou outros varejistas a intensificarem seu jogo. Mas analistas disseram que a Amazon precisava reduzir o tempo de entrega pela metade para tornar sua associação mais atraente, porque o Walmart e outros varejistas ofereciam entregas gratuitas em dois dias sem nenhuma associação.

Há dois anos, o Walmart começou a oferecer frete grátis para entregas em dois dias em milhões de itens em seu site para pedidos de pelo menos US$ 35. A Target também oferece frete grátis de dois dias para quem gastar pelo menos US$ 35 ou usar o cartão fidelidade RedCard. O Walmart também está expandindo o serviço de entrega de supermercado para o mesmo dia de suas lojas por uma taxa de cerca de US$ 10.

Lore disse que será mais barato para a empresa fazer a entrega no dia seguinte em comparação com o serviço de dois dias porque os itens qualificados virão de um único centro de distribuição localizado mais próximo ao cliente. Isso significa que os pedidos serão enviados em um pacote caixa, ou no menor número possível, ao contrário das entregas de dois dias que vêm em vários pacotes de vários locais.

Ainda assim, o Walmart vende muito menos produtos do que a Amazon, e suas vendas online dos EUA são apenas uma fração do império mundial de mercadorias online da Amazon. A empresa também vem entregando mais pacotes por meio do próprio serviço de delivery, em vez de depender do Serviço Postal dos EUA e de outras operadoras, como a UPS e a FedEx. A empresa espera gastar US$ 800 milhões no segundo trimestre para acelerar as entregas e expandiu sua frota de jatos.

A Amazon também anunciou que vai expandir um programa de incentivo para seus funcionários, para que eles saiam de seus empregos na companhia e criem startups voltadas para as áreas de entregas e logística.

Por outro lado, o Walmart tem uma grande vantagem sobre a Amazon: possui mais de 4.700 lojas. O varejista e a Target têm transformado suas lojas físicas em centros de distribuição, agilizando o delivery e ajudando a custear as despesas de serviços como entregadores e coleta na loja. O Walmart também vem expandindo o uso de robôs em suas lojas, que acompanham a disponibilidade de produtos nas prateleiras. E a Target redesenhou sua área de preparação de pacotes para ajudar a acelerar o cumprimento das entregas.

*Imagem reprodução

Deixe uma resposta