GS&Libbra realiza Foodservice Executive Summit para encerrar sua missão em Chicago

55
[tempo para leitura: 2 minutos]

Entre os dias 18 e 21 de maio acontece em Chicago a 100ª edição do National Restaurant Association Show, um dos maiores eventos de foodservice no mundo. A GS&Libbra, com o apoio do Grupo GS& Gouvêa de Souza e co-realização do IFB – Instituto Foodservice Brasil, está na cidade com uma delegação para conferir, in loco, as novidades do setor de alimentação fora do lar.

Além de todas as tendências e informações que serão observadas durante todos os dias de feira e, para complementar a experiência, o grupo conta ainda com uma série de visitas técnicas e exclusivas a operações inovadoras, como a “The future of McDonald’s”, Amazon Go, Starbucks Reserve Bar, Restoration Hardware, Fulton Market Kitchen, entre outras.

Para concluir a jornada de aprendizados, a GS&Libbra realizará na próxima terça-feira (21) o FOODSERVICE EXECUTIVE SUMMIT, no escritório do Uber Eats Chicago. O evento contará com as apresentações de David Portalatin, vice-presidente do NPD Group; Neil Stern, sócio da consultoria McMillanDoolittle; Amit Chetal, líder de varejo e hospitalidade da Cisco Systems; Francisco Simon, head de Restaurantes da Uber Eats Brasil; Marcos Gouvêa de Souza, diretor-geral do Grupo GS& Gouvêa de Souza e Cristina Souza, diretora-executiva da GS&Libbra.

“Pela primeira vez na Delegação liderada pelo Grupo GS& Gouvêa de Souza para a NRA Show realizamos o Foodservice Executive Summit. Na feira e nas visitas temos uma visão essencialmente especializada no segmento e no FES nós trazemos palestrantes que ajudam a expandir o olhar dos nossos convidados. Permitindo que, a partir do que foi visto, eles possam racionalizar e enxergar além, assumindo a dianteira nos mercados aonde atuam. Também é um momento de troca e fechamento de todos os aprendizados”, afirma Cristina Souza, diretora-executiva da GS&Libbra.

Ao final da programação, será realizado um tour pelo escritório do Uber Eats. A empresa se tornou referência em tecnologia e delivery de alimentos. Foi fundada em 2009 por Garrett Camp e Travis Kalanick, como uma empresa de suco prensado a frio em Toronto. Fez sua incursão na entrega de alimentos em agosto de 2014, com o lançamento do serviço UberFRESH, em Santa Monica, Califórnia. Em 2015, a plataforma ganhou o nome de Uber Eats e passou a contar com seu próprio aplicativo, separado do app para transporte.

O número de viagens feitas pelos condutores do Uber Eats cresceu mais de 24 vezes entre março de 2016 e março de 2017. Em julho do mesmo ano, já era rentável em 27 das 108 cidades onde opera. Agora, 20 milhões de cafés-da-manhã são entregues em 200 cidades de 30 países.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta