Hambúrguer que imita carne chega aos supermercados

721
[tempo para leitura: 2 minutos]

A foodtech Fazenda do Futuro está lançando nos supermercados o Futuro Burger, hambúrguer de plantas que propõe o gosto e a textura da carne. O produto estará disponível no Rio de Janeiro, nas redes La Fruteria e Zona Sul; em São Paulo, nas lojas do Pão de Açúcar, St. Marche e Quitanda e em Minas Gerais nos supermercados Verdemar. A previsão é que o produto seja distribuído em breve no restante do país, por meio do Carrefour.

O Futuro Burger será comercializado em bandejas com duas unidades, com preços entre R$ 16,99 e R$ 17,99, nas versões resfriada e congelada. O produto é feito com grão de bico, proteína isolada de soja, proteína de ervilha e beterraba, que imita o sangue. A empresa deseja lançar outros itens com a receita, como almôndegas, polpetone e carne moída.

Além dos supermercados, o hambúrguer já está disponível no cardápio da Lanchonete da Cidade, em São Paulo, e do T.T. Burguer, no Rio de Janeiro. A empresa também fez recentemente uma parceria com a rede de culinária italiana Spoleto para levar a carne aos pratos do restaurante também.

A Fazenda Futuro foi fundada por Marcos Leta, criador da marca sucos Do Bem, e pelo empreendedor Alfredo Strechinsky. O plano dos empresários seria concorrer com frigoríficos, atraindo o público que consome carne, não focando em vegetarianos e veganos.

O banco inglês Barclays previu que o mercado de carne vegetal deverá chegar a uma receita total de US$ 140 bilhões nos próximos 10 anos. De acordo com o relatório do banco, o público-alvo a ser conquistado pelas empresas do setor é formado por homens de 14 a 70 anos, que são os maiores consumidores de carne. Ele projeta que esses novos produtos capturem, na próxima década, 10% do mercado global de proteína animal, avaliado hoje em US$ 1,4 trilhão da carne.

As grandes do setor vêm conseguindo ótimos resultados. A Impossible Foods, por exemplo, recebeu US$ 300 milhões de investimento e incluiu seus produtos no menu do Burger King. A Beyond Meat lançou seus papéis no mercado e eles já alcançam alta de 140%.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta