Superbom inicia exportação para Argentina

17
[tempo para leitura: 1 minuto]

A partir de julho a Superbom, empresa especializada na fabricação de produtos saudáveis e com mais de 90 anos de atuação, começa a exportar seis produtos de linhas pioneiras da marca para a Argentina. A parceria foi negociada durante o primeiro semestre com a marca Granix, pertencente ao mesmo grupo Adventista do Sétimo Dia da companhia brasileira. O objetivo é levar mais opções do mercado de alimentação saudável ao país vizinho.

“À princípio serão exportados dois sabores de sucos integrais: uva tinto e uva branco, além da salsicha, bife, carne e hambúrguer de soja. Todos já vão sair envasados nas embalagens e rótulos da marca argentina”, explica o diretor de marketing da Superbom, David Oliveira.

De acordo com o executivo esses já são produtos fabricados há décadas no Brasil e possuem alta demanda dos consumidores brasileiros. Como o mercado argentino é similar ao do Brasil, a expectativa é que esses itens também atendam ao público do país vizinho que busca por substitutos da carne e alimentos saudáveis.

“Mesmo com a recessão da economia argentina, exportar nossos produtos é uma boa oportunidade para ampliar expertise em negociações internacionais, aumentar o faturamento e superar o déficit cambial que temos com a importação de insumos de outros países”, argumenta.

Relações comerciais com outros países
Em agosto do ano passado a Superbom já havia iniciado a exportação de queijos veganos tipo cheddar, mussarela e parmesão para a Oceania, aumentando em 50% o faturamento na categoria de queijos veganos.

“Os itens tiveram um bom desempenho com o mercado consumidor da Austrália e Nova Zelândia, que é extremante adepto à alimentação mais saudável em comparação com o Brasil. Por isso, em 2019 temos programado outros três containers a cada seis meses para a Oceania”, finaliza Oliveira.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta