LATAM Retail Show contará com executivos do El Corte Inglés, El Palacio de Hierro e McMillanDoolittle

824
Javier Fernández Andrino, diretor Estratégico Internacional de Marketing e Luxo da El Corte Inglés
[tempo para leitura: 2 minutos]

A reinvenção é característica constante do mercado do varejo.  A inovação nos segmentos, conceitos emergentes e melhores práticas sofrem transformação constante. Aliados a isso há uma série de mudanças nos hábitos dos consumidores, formas como se relacionam com as marcas e conectividade rápida entre os mais diversos pontos do planeta para perceber uma série de oportunidades e desafios no presente e futuro próximos.

O LATAM Retal Show traz três grandes nomes para debater a temática: Javier Fernández Andrino, diretor Estratégico Internacional de Marketing e Luxo da El Corte Inglés, Sofia Felix Smith, diretora de Moda e Tendências da El Palacio de Hierro, e Neil Stern, sócio da consultoria McMillanDoolittle. Eles estarão na plenária “O Mundo do Varejo e o Varejo do Mundo”, que acontece no dia 29 de agosto.

El Corte Inglés é uma das líderes mundiais em lojas de departamentos e referência em distribuição espanhola. Fundado em 1940, o grupo possui mais de 92 mil funcionários. Em seu último exercício fiscal anual, a companhia registrou faturamento de quase 16 milhões de euros e recebeu mais de 700 milhões de visitas. Com mais de 70 anos de experiência, o Grupo mantém uma política de atendimento ao cliente e um constante interesse em se adaptar aos gostos e necessidades demandadas pela sociedade.

Isso levou a uma política de diversificação e à criação de novos formatos comerciais. Para além da loja de departamentos El Corte Inglés, o Grupo possui outras cadeias como a Hipercor, a Opencor, a Supercor, a Sfera, a Telecor, a Viajes El Corte Inglés, a Bricor, a Optica 2000 e a Informática El Corte Inglés, entre outras.

El Palacio de Hierro é uma cadeia de lojas de departamentos de luxo no México. Apresenta conceitos icônicos da moda, luxo e casa, bem como serviços de viagens e gastronomia variada, através da criação de experiências excepcionais para seus clientes. O grupo mexicano encerrou o ano fiscal de 2018 com um aumento de 72% de seu lucro, chegando a 3.004 milhões de pesos mexicanos (157 milhões de dólares). As vendas foram de 34.702 milhões de pesos (1.815,2 milhões de dólares), 11,2% a mais do que no ano anterior.

Neil Stern abordará estratégias e soluções sustentáveis que vêm sendo adotadas por grandes redes, bem como dados atualizados acerca do comportamento dos consumidores. Em maio, Stern participou do FOODSERVICE EXECUTIVE SUMMIT, realizado pela GS&Libbra.

Ele abordou “How to Maintain Relevancy in an Uncertain Future” (Como manter a relevância em um futuro incerto). Tomando o cenário dos EUA como base, destacou o aumento de vendas em restaurantes do país, que atingiram US$ 825 bilhões em 2018, crescimento de 1,4%. Por outro lado, o gasto do consumidor com comida encolheu entre 12 e 13%. Houve mudança também na forma de consumir.

Um dos dados mais relevantes diz respeito aos jovens millennials, que realizam 59% de seus pedido por meio de delivery ou ‘para viagem’. Além disso, os pedidos digitais e o delivery cresceram 300 vezes mais rápido que o fluxo em restaurantes desde 2014.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta