GPA e Microsoft firmam parceria para desenvolver mercados sem caixas

972
[tempo para leitura: 2 minutos]

O GPA se aliou à Microsoft para acelerar o processo de transformação digital do grupo brasileiro, incluindo a abertura até o fim deste ano de uma loja física em que serão testadas novas tecnologias desenvolvidas para melhorar a experiência do consumidor, disseram executivos das duas companhias.

A parceria surge num momento em que a concorrência se acirra no maior mercado da América Latina, com varejistas se esforçando para integrar suas lojas físicas ao comércio digital, que vem crescendo dois dígitos nos últimos anos no país.

O movimento também sucede uma aliança anunciada pelo rival Carrefour Brasil, em março, com a startup Zaitt para abertura de uma loja de conveniência 100% automatizada também na capital paulista.

A tecnologia, similar à usada pela gigante varejista norte-americana Amazon, nos Estados Unidos, não requer caixas ou atendentes, já que permite aos usuários entrar na loja, escanear as mercadorias e pagar a conta com um aplicativo instalado em seus smartphones.

“As pessoas já usam mobile (smartphones) em nossas lojas para ativar promoções no aplicativo ou evitar filas no caixa… Agora queremos desenvolver soluções mais robustas que possamos escalar para as demais lojas”, afirmou o diretor de transformação digital do GPA, Antonio Salvador.

A subsidiária brasileira do grupo francês Casino lançou aplicativos para as bandeiras Pão de Açúcar e Extra em 2017, acumulando mais de 9 milhões de downloads até o momento. “E 40% dos usuários ativaram promoções no aplicativo nos últimos 30 dias”, acrescentou o executivo.

As conversas com a Microsoft começaram há cerca de três meses, segundo ele, e o foco inicialmente será desenvolver as tecnologias de reconhecimento facial, scan & go e armários para retirada de mercadorias compradas na nova loja que será inaugurada até o fim do ano em São Paulo.

“Essa loja é apenas uma parte dessa parceria de longo prazo com o GPA para transformar a experiência de compra dos clientes”, disse o diretor global de parcerias para transformação digital da Microsoft, Maurício Azevedo.

Ambos os executivos não quiseram informar quanto será investido na abertura da nova loja que será operada no formato de proximidade “Minuto Pão de Açúcar” na cidade de São Paulo, mas ressaltaram que não há planos de abrir outras unidades do tipo.

O GPA atualmente tem mais de 1 mil lojas em todo o Brasil, incluindo a bandeira de atacarejo Assaí, que passa por forte crescimento orgânico de lojas e vem sendo uma das principais fontes de crescimento do grupo varejista nos últimos anos.

Os mais recentes esforços em conjunto com a Microsoft se somam a outras iniciativas já implementadas este ano, incluindo uma plataforma digital lançada na semana passada para atacado de entrega a restaurantes, bares e outros estabelecimentos comerciais de pequeno e médio portes.

As ações do GPA subiram mais de 17% na bolsa paulista até agora em 2019, ligeiramente atrás do concorrente Carrefour Brasil, que cresceu mais de 20% desde o começo do ano.

Fonte: Reuters

*Imagem reprodução

Deixe uma resposta