Walmart vai investir US$ 1,2 bilhão em cadeia logística na China

295
[tempo para leitura: 1 minuto]

O Walmart planeja investir 8 bilhões de yuans (US$ 1,2 bilhão) na China nos próximos 10 anos para modernizar sua logística, informou a gigante do varejo norte-americano.

A empresa também irá instalar ou renovar mais de 10 centros logísticos no país.

Os comentários se seguiram a uma reunião entre o presidente Donald Trump e seu colega chinês, Xi Jinping, no final de semana em Osaka, no Japão, que reacendeu as esperanças de um acordo comercial entre EUA e China.

O Walmart tem pressionado para integrar sua rede de varejo na China com o florescente movimento “varejo inteligente” do país, enquanto varejistas e gigantes da tecnologia como Alibaba Group Holding e Tencent Holdings fecham negócios para combinar compras online e de rua.

Na China, a empresa abriu no ano passado seu primeiro pequeno supermercado de alta tecnologia, onde smartphones podem ser usados ​​para pagar itens que estão disponíveis na loja online da plataforma online JD Daojia, uma afiliada da JD.com Inc.

O Walmart opera uma série de formatos na China, incluindo o hipermercado, o Sam’s Club e o supermercado Walmart, com 400 unidades de varejo cobrindo mais de 180 cidades em todo o país.

No mês passado, o varejista francês Carrefour concordou em vender 80% de suas operações chinesas para a varejista de eletrônicos Suning.com por 620 milhões de euros.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta