CEO da Domino’s conta como a marca tem conduzido inovações na rede

672
[tempo para leitura: 2 minutos]

A Domino´s, considerada a maior pizzaria do mundo, está confirmada no palco do 10° Fórum Internacional de Gestão de Redes de Franquias e Negócios. Kadu Martins, CEO da empresa no Brasil, vai contar como a Domino´s tem conduzido as inovações na rede, no primeiro dia do evento. De acordo com dados da pesquisa de monitoramento do foodservice brasileiro CREST®, realizada pela GS&NPD no Brasil, o gasto do consumidor brasileiro em alimentação fora do lar cresceu 5% na comparação com o mesmo período de 2018.

No período, o consumidor brasileiro gastou R$ 52 bilhões, enquanto o ticket médio por pessoa foi de R$ 15. Esta recuperação, ainda que tímida, vem se mantendo desde o 3º trimestre de 2018, tendo sido mais forte neste trimestre do que nos anteriores. O ticket médio do setor cresceu 1%, o que demonstra que está controlado e contribui para um cenário mais otimista do que o observado no início do ano passado.

Sócio do time de Private Equity da Vinci Partners, Carlos Eduardo Martins liderou a compra da operação da Domino’s Brasil em junho de 2018 e atualmente é o CEO da companhia. A Domino’s lançou, em 2007, a opção de realizar os pedidos pela internet. Em 2008, a marca revolucionou a experiência de pedidos online criando o Pizza Tracker e o Pizza Builder. A ferramenta do Pizza Builder chegou ao Brasil em 2018, colocando a Domino’s Pizza Brasil um passo a frente no pedido de refeições online, permitindo que os clientes vejam sua pizza ganhar vida na tela do computador.

Já o Pizza Tracker possibilita aos clientes que acompanhem, em tempo real, o status do seu pedido, desde o momento em que é feito até o recebimento da pizza em casa. A companhia também adicionou diversas promoções ao site. O objetivo é valorizar ainda mais os clientes. As inovações ajudam a melhorar o propósito de entregar uma pizza deliciosa, com eficiência e diversão.

Kadu Martins participou de mais de 40 negócios em diversas indústrias no Brasil e na América do Sul durante sua carreira. Foi responsável, em 2011, pelo investimento da Vinci na Master Franquia do Burger King no Brasil e presidiu o Conselho da companhia ajudando na execução da expansão da marca, que cresceu de 100 a 800 restaurantes em 7 anos. Também atuou como membro do Conselho da Uniasselvi, Sollus, Los Grobo, Ceagro e CMAA e foi membro do Conselho Fiscal e de Auditoria da CEMAR.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta