Multiplan e Aliansce têm crescimento de vendas e de ocupação no segundo trimestre

528
[tempo para leitura: 3 minutos]

A Multiplan e a Aliansce divulgaram seus balanços do segundo trimestre de 2019. As empresas apresentaram bom desempenho operacional. Indicadores como receita de aluguel, taxa de ocupação e vendas dos shoppings tiveram aceleração em comparação ao primeiro trimestre.

No segundo trimestre, as vendas dos lojistas dos shopping centers da Multiplan cresceram 6,6% com relação ao mesmo trimestre do ano anterior, chegando a R$ 3,8 bilhões. O crescimento foi impulsionado pelo aumento das vendas em 18 dos 19 empreendimentos do portfólio da Multiplan. As vendas foram impulsionadas principalmente pelos resultados dos shoppings mais novos da Companhia, inaugurados a partir de 2012, que apresentaram crescimento agregado de 13,9%.

Já a Aliansce teve crescimento de 7,6% nas vendas totais, com alta de 4,9% nas vendas por m2. A receita líquida da companhia teve crescimento de 10,9%, com alta nas receitas de locação e de estacionamento, que cresceram, respectivamente, 8,2% e 14,8% no segundo trimestre deste ano.

O ParkShopping Canoas da Multiplan completou um ano de operação em novembro passado e apresentou aumento de vendas de 28,3% neste trimestre. O VillageMall da mesma companhia foi beneficiado pela mudança de mix durante 2018, com crescimento de 13,5%; e o JundiaíShopping, também cresceu com as recentes mudanças no mix e inaugurações. O mall apresentou crescimento de vendas de 13,4%. Entre os shoppings já consolidados da Multiplan, os resultados do RibeirãoShopping, BH Shopping e BarraShopping se destacaram, com crescimentos de venda de 8%, 7,7% e 5,8% no segundo trimestre, respectivamente.

As vendas nas mesmas lojas (SSS) expandiram 6,7% no segundo trimestre, impulsionadas pelo segmento de Serviços, que apresentou, mais uma vez, o maior aumento de SSS (+22,2%).

A receita de locação alcançou R$265,7 milhões no período, um crescimento de 6,2% sobre o mesmo trimestre do ano anterior, principalmente por conta da recente aquisição de 20% do BH Shopping, que levou a um crescimento de dois dígitos (+38,0%) em seu aluguel no trimestre; do efeito do ajuste do IGP-DI de 7,2%; e da adição de R$1,9 milhão na receita de merchandising, principalmente no BH Shopping e no MorumbiShopping. O aluguel nas mesmas lojas (SSR) alcançou um aumento de 9,6%, o maior crescimento em cinco anos, desde o segundo trimestre de 2014. Os shoppings continuam apresentando uma ótima ocupação com sua taxa final de 97,6%, um aumento de 26 p.b sobre o mesmo período do ano anterior. Em relação ao primeiro trimestre de 2019, a ocupação aumentou 45 p.b.

A Aliansce apresentou crescimento do SAS de 5,2% e do SSS de 4,5% no segundo trimestre. Com o ajuste do efeito Páscoa, SAS e SSS cresceram 4,3% e 3,6%, respectivamente. Já o SSR e SAR cresceram 8,9% e 8,5%, respectivamente. O aluguel por m2 apresentou expansão de 4% no período. A taxa de ocupação dos malls da companhia atingiu 97,3%, 123 bps acima do mesmo período de 2018. Nos últimos 12 meses, 551 contratos de aluguel foram comercializados nos shoppings da Aliansce, com crescimento de 20,6% yoy.

O Resultado Operacional Líquido (NOI) da Multiplan, importante indicador do setor imobiliário que representa a soma da receita das propriedades descontado as despesas necessárias para operá-las, totalizou R$ 293,2 milhões no segundo trimestre, crescendo 7,3% sobre o mesmo período do ano anterior, beneficiado pelo aumento da receita de locação e estacionamento.

No segundo trimestre deste ano, o EBITDA da Multiplan acumulou R$ 214,1 milhões, uma redução de 16,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, principalmente resultante do impacto contábil na conta de remuneração baseada em ações, que aumenta a linha de despesas quando a ação se valoriza. Excluindo esse efeito em ambos os períodos, o EBITDA teria crescido 3,0%, atingindo R$ 235,8 milhões.

O lucro líquido da companhia apresentou uma redução de 20,9% no segundo trimestre e somou R$ 115,2 milhões, principalmente devido ao mesmo efeito citado anteriormente. Se desconsiderada essa linha, o lucro líquido teria crescido 16,8% e alcançado R$136,9 milhões, impulsionado pelo crescimento de 6,0% da receita líquida.

Nos primeiros seis meses de 2019, a Multiplan já investiu 57% a mais do que em todo ano de 2018. Além de investimentos já anunciados no primeiro trimestre, como a construção do ParkJacarepaguá, a aquisição de 20% do BH Shopping, e o acordo de investimento com a Delivery Center.

A Multiplan está lançando o Multi, um superaplicativo para celulares que permite a realização de compras nos shoppings por meio do celular. O app deve melhorar a experiência dos consumidores e fortalecer os vínculos com os clientes. Entre suas funcionalidades, o aplicativo vai possibilitar compras de praticamente todos os itens disponíveis no shopping com a garantia de uma rápida entrega, através da parceria com a Delivery Center. A versão inicial do app está sendo experimentada no BarraShopping, no Rio de Janeiro. Ainda em 2019, a empresa deve lançar novas funcionalidades no aplicativo e incorporará novos empreendimentos na área de cobertura.

A Aliansce concluiu no segundo trimestre o projeto de revitalização do Shopping Grande Rio, um ativo de alta relevância no Rio de Janeiro, e está aguardando as aprovações regulatórias para a conclusão da fusão com a Sonae Sierra Brasil.

Confira a análise de Luiz Alberto Marinho, sócio-diretor da GS&Malls:

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta