LATAM Retail Show: líderes de diferentes segmentos debatem tendências, conceitos e insights do varejo

324
[tempo para leitura: 3 minutos]

Logo no primeiro dia do mais completo evento do setor na América Latina, quatro grandes nomes discutem “O cenário do varejo na atualidade: tendências, conceitos e insights”, durante a quinta edição do LATAM Retail Show. No dia 27 de agosto, Peter Estermann, diretor presidente do GPA; Artur Grynbaum, presidente do Grupo Boticário; Paulo Correa, CEO da C&A Brasil; e Edson Franco, CEO da Zurich Seguros no Brasil, colocam suas vivências e conhecimento à disposição do público do congresso.

Com mais de 70 anos de experiência no Brasil, a Zurich, atende a uma ampla carteira de clientes em todo o país. Em 2019, a empresa fechou uma parceria com a varejista Havan. Pelos próximos cinco anos, a empresa será seguradora oficial da rede, com a venda de produtos de garantia estendida, seguro de roubo, furto e danos acidentais para celulares, além de seguro prestamista, que cobre as parcelas das compras em caso de desemprego.

A Zurich lidera as vendas de seguro para celular. A mais recente novidade é ofertar voucher para que o cliente, vítima de roubo, possa escolher outro aparelho de forma mais ágil e segura. Até então, a reposição do celular passa por uma busca no estoque de aparelhos nas lojas online e quando achado é enviado pelo correio.

O GPA alcançou R$ 14,2 bilhões em vendas totais e crescimento de 11,3%, no segundo trimestre de 2019.  A rede aposta na continuidade dos avanços em transformação digital. Dentre os destaques estão o crescimento de 37% no e-commerce alimentar, expansão do James Delivery para as cidades de Santos e Fortaleza, além de Curitiba e São Paulo, com vendas superior ao trimestre anterior em 4,7 vezes e o avanço de 58% no número de downloads do app ‘Meu Desconto’ para mais de 9,3 milhões.

Em junho, o GPA anunciou a aprovação da venda de sua participação na Via Varejo, empresa detentora das marcas Casas Bahia e Pontofrio, para Michael Klein, fundador das Casas Bahia. A ação ajudou na manutenção de uma forte posição de caixa e estrutura sólida de capital. A operação totalizou R$ 2,3 bilhões segundo o balanço financeiro da holding.

Por outro lado, o Boticário, maior varejista de cosméticos do país lançou, em 2019, os primeiros perfumes do mundo feitos com ajuda de Inteligência Artificial (AI, na sigla em inglês). A novidade chega ao público nas versões – “On you” (Em Você) e “On me” (Em Mim) – e integra o portfólio da marca Egeo, voltada para os mais jovens. Também esse ano, foi inaugurado o novo conceito de loja da rede de franquias, que traz diversas ferramentas tecnológicas usadas pela primeira vez no varejo de beleza: realidade aumentada, espelho interativo de make, sistema omnichannel, pick up store e pagamento com celular.

Já no universo da moda, a C&A vem investindo em tecnologia e na integração de canais, por exemplo, através de um game em seu aplicativo que serve para estreitar os laços com o cliente e estimulá-los a ir até as lojas. A marca também vem investindo no uso de realidade aumentada para o lançamento de novas coleções. O cliente tem acesso a todas as coleções e sugestões de combinações por meio da tecnologia. Para ampliar as vendas, a C&A está implementando um projeto que reduz o intervalo entre o lançamento de novas peças. Com o novo modelo, as novas roupas chegam às lojas em apenas 35 dias, ao invés dos usuais quatro meses.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta