Vendas do e-commerce para Dia dos Pais devem crescer 13% este ano

264
[tempo para leitura: < 1 minuto]

O comércio eletrônico brasileiro deverá faturar R$ 2,4 bilhões no Dia dos Pais em 2019, resultando em crescimento nominal de 13% quando comparado com o mesmo período de 2018, que registrou R$ 2,09 bilhões. Os números são resultado de levantamento realizado pela Ebit|Nielsen, que estima que, entre os dias 27 de julho e 10 de agosto, sejam realizados em torno de 5,6 milhões de pedidos.

Se atingir esse volume de compras, a data apresentará um aumento de 10%, em comparação com 2018 e ficará 2,6% acima do registrado no período do Dia das Mães.

Os dados também apontam que os consumidores pretendem gastar um pouco mais na compra do presente esse ano: o tíquete médio previsto é de R$ 419, 2% acima do observado no ano passado. Esse valor também fica acima do registrado tanto do Dia das Mães quanto do Dia dos Namorados, que foram de R$ 402 e R$ 384, respectivamente.

Segundo Ana Szasz, líder da Ebit|Nielsen, um fator que influencia nesta variação é o valor das compras. “Esse crescimento se dá pela busca de presentes com um valor maior e ajuda a solidificar o e-commerce como canal de vendas em datas comemorativas, garantindo conveniência e facilitando a comparação de preços”.

Este ano, celulares e smartphones voltam ao topo da lista dentre os produtos mais mencionados como intenção de compra, seguido por livros, que ficaram no topo no ano passado, e por tênis em terceiro lugar.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta