Qpod apresenta nova linha de snacks saudáveis com elevada qualidade nutritiva

69
[tempo para leitura: 2 minutos]

A Qpod, startup especializada em snacks saudáveis premium, acaba de apresentar ao mercado duas novas linha de produtos. As formulações são elaboradas com base em uma proposta diferenciada, com ingredientes nobres e propõem porções ideais para matar a fome de verdade entre as refeições ou até mesmo na impossibilidade de uma refeição completa devido a falta de tempo.

A marca oferece um mix amplo de opções, que usam nuts diversas, milho, favas, sementes de cacau,  açaí, banana, batata doce e até mesmo grão de bico em sua composição.

A Qpod oferece uma linha saudável completa, composta pelos produtos: Milhonaire, um mix de milho com castanha de caju e chips de maçã; o Good Mood, que possui amêndoas, cacau, banana chips e castanha-do-pará em sua fórmula; Tropical Bites, com Abacaxi, Leite de Coco e Whey Protein; Amazon Bites, elaborado com banana, açaí e whey protein; Chips de Batata Doce, sabor Lemon Pepper; e três tipos de pipoca de flor de lótus (Zen Cheese, Onion Bliss e Golden Guru).

As combinações da linha Mix foram pensadas de acordo com suas funcionalidades, por exemplo o GoodMood promove o bom humor devido aos ingredientes ricos em triptofano, o Honeymoon promove o bem estar sexual por ser rico em zinco, mineral precursor da testosterona.

A pipoca produzida com sementes de flor de lótus é um dos destaques da companhia. O sistema de produção usa os conceitos da medicina indiana ayurveda, influenciando diretamente a escolha dos ingredientes e a composição final dos produtos. O snack possui até três gramas de proteína, quatro gramas de fibra e zero gordura trans.

“Todos os nossos produtos são feitos a partir de ingredientes 100% naturais e selecionados. O processo artesanal de elaboração das receitas oferece como resultado uma série de benefícios, que podem ajudar a reduzir desde o colesterol e até mesmo a contribuir com o tratamento da hipertensão arterial”, explica Marta Moraes, da Qpod.

Preocupada com o meio ambiente, a companhia apoia e financia o sistema de logística reversa do Eu reciclo. O processo funciona por meio do apoio a uma cooperativa de coleta e reciclagem: todo material produzido para ser utilizado em embalagens e caixas são contabilizados durante um ano de trabalho.

Depois disso, a soma desse volume é utilizada como base para a instituição fazer a coleta e reciclagem de resíduos de terceiros. Assim, por meio da compensação ambiental, é como se a empresa fizesse a reciclagem de todo material de embalagem produzido.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta