“Para mudar o hábito, analise seu meio ambiente e escolha qualquer movimento que consiga dar regularidade”

464
[tempo para leitura: 2 minutos]

O ritmo acelerado muitas vezes faz as pessoas deixarem os cuidados com o corpo. Pensando nisso, o LATAM Retail Show trouxe ao evento Márcio Atalla para uma palestra sobre saúde e bem estar. A iniciativa é da Sportlab, nova empresa do ecossistema do Grupo GS& Gouvêa de Souza.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a saúde é um estado completo de bem-estar físico, mental e social e não meramente ausência de doenças ou enfermidades. Atalla explicou que o corpo é uma máquina desenvolvida para o movimento. Por meio dele, podem ser prevenidas doenças como diabetes, câncer, depressão e ansiedade.

As pessoas sabem disso, mas não se movimentam. Uma das razões é o fato de, apesar de o corpo ser preparado para o movimento, o cérebro visa poupar energia. Cerca de 20% das calorias do corpo são gastas pelo cérebro. Dessa forma, ele passa a automatizar as ações que as pessoas fazem rotineiramente. Assim, 80% das atividades feitas ao longo do dia é automatizado.

“Nosso cérebro busca economizar calorias, por isso ele economiza o movimento. Nossa geração é a primeira a ter de incluir nos 20% de tarefas não automatizadas o movimento. O importante é fazer o corpo se movimentar”, explica Atalla. Para isso, o educador físico recomendou mudanças de hábito.

Ele citou como exemplo o apresentador Emílio Surita, seu amigo. O radialista começou sua mudança simplesmente subindo escadas. Percebendo os bons resultados, transformou sua vida e passou a fazer mais esportes. “Para mudar o hábito, analise seu meio ambiente e escolha qualquer movimento que consiga dar regularidade”, defendeu o educador físico.

Márcio Atalla falou também sobre a alimentação. Para ele não existe dieta ideal. O necessário é estar em harmonia com o estilo de vida. Ele deus algumas dicas como não exagerar no sal e açúcar; se manter hidratado; consumir mais fibras (frutas, verduras e legumes) e não abuse da gordura. Esss ações farão as pessoas consumirem mais alimentos “de verdade”.

Ele encerrou abordando o sono e estresse. Uma noite de sono mal dormida significa mais de alimentação e se movimente menos por conta do cortisol, o hormônio do estresse. “Toda situação de perigo libera o cortisol. Anteriormente eram ligadas ao movimento. Hoje temos estresse no trabalho e outras esferas da vida”, explicou. Por conta disso, dormir mais e se movimentar ajuda a liberar menos cortisol e a reduzir o estresse.

A Sportlab une a expertise de 30 anos do grupo com Luiz Paulo Moura, profissional que atua há mais de 25 anos no segmento de marketing esportivo. A empresa atua nos segmentos de esporte e bem estar oferecendo serviços nas áreas de conhecimento (por meio de eventos, cursos, workshops, missões internacionais), consultoria (no desenvolvimento estratégico de projetos esportivos) e gestão (eventos proprietários, atletas, times, ligas, programas de patrocínio e ativações).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui