“Estamos sempre positivamente inquietos e nos provocando a trazer o novo para a companhia”

615
[tempo para leitura: 3 minutos]

Renata Moraes é exemplo de líder que se preparou para grandes missões. Mesmo sendo herdeira do Grupo CRM, detentor das marcas Kopenhagen e Chocolates Brasil Cacau, além de sócio da Lindt no país, começou a carreira como estagiária. Quando chegou aos cargos de gestão, o faturamento era de R$ 38 milhões. Em 2018, foi de R$ 1,5 bilhão.

O grupo segue dando novos passos. A Kopenhagen, por exemplo, lançou a plataforma de chocolates saudáveis, em parceira com a Track&Field. Recentemente, a holding foi além e abriu uma nova rede: Kop Koffee, com foco em cafés e venda de sanduíches, salgados, pizzas e sucos. Renata Moraes fala sobre o poder feminino nos negócios no 10º Fórum Internacional de Gestão de Redes de Franquias e Negócios, promovido pelo Grupo BITTENCOURT. Confira uma entrevista com a executiva:

[M&C] Que benefícios o feminino traz ao mundo dos negócios?
[Renata Moraes] A mulher é mais sensível no desenvolvimento e análise das suas ações, mais instintiva e flexível. Essas três características combinadas são uma forte arma no desenvolvimento da liderança e na execução do empreendedorismo seja à frente de negócios ou na construção de uma carreira corporativa.

O Grupo CRM tem conseguido resultados relevantes nos últimos anos. Quais fatores contribuíram para esse avanço?
Eu acredito no poder do time. Reunir um time heterogêneo com habilidades combinadas e afiadas e saber extrair desse time o máximo potencial individual e em grupo é o sonho de consumo de todo líder e eu posso afirmar que tenho o privilégio de contar com um timaço de profissionais que tem permeado uma série de iniciativas brilhantes para o Grupo como um todo.

Como eu sempre falo, nunca é uma coisa só. Nossos movimentos parecem ousados, e são, mas por trás de toda ousadia existe um tempo de planejamento e maturação que nos permite uma análise precisa dos cenários em que vamos atuar e temos todo um plano de mitigação de riscos e erros já estabelecidos também. Nada é feito com pressa ou por impulso, todo esse planejamento executivo nos garante estar sempre um passo à frente do mercado e nos permite colecionar sucessos.

Quais os desafios de administrar três marcas do mesmo segmento?
O principal e mais crucial é entender que embora as marcas estejam inseridas no mesmo segmento, cada uma tem a sua personalidade, seu posicionamento claro e definido e seu território. Saber preservar e explorar as características de cada marca e entender de maneira minuciosa o perfil e a jornada do consumidor de cada uma delas é uma tarefa árdua, complexa e que exige muita dedicação e disciplina, mas os números não mentem e meu time e eu temos conseguido grande êxito na superação desses desafios.

Por quais transformações o Grupo CRM deve passar nos próximos anos para seguir obtendo resultados relevantes?
Não existe evolução sem transformação, não é verdade? Por esta razão estamos sempre positivamente inquietos e nos provocando a trazer o novo para a companhia, seja por meio de inovações ou revisitando processos, desaprendendo, aprendendo e reaprendendo nossas convicções, movimentos e metodologias. 2019 foi um ano de grandes transformações para o Grupo, novas plataformas de negócios foram criadas, uma nova marca nasceu e estamos investindo pesado em processos e pesquisas, para que essas transformações sejam contínuas e nos movam ao futuro de franca evolução e expansão que almejamos.

O painel “Todo poder a elas” terá também palestra de Chieko Aoki, fundadora da rede Blue Tree Hotels. O 10º Fórum Internacional de Gestão de Redes de Franquias e Negócios acontece nos dias 1 e 2 de outubro, no Teatro Santander, em São Paulo. Em nove edições, já recebeu mais de 9 mil executivos, dentre CEO’s, diretores e gerentes, de 2 mil empresas, incluindo as maiores redes de franquias e negócios do país.

* Imagem reprodução

 

Deixe uma resposta