“No Magalu, o que não muda é que a gente sempre muda”

844
[tempo para leitura: 3 minutos]

O 10º Fórum Internacional de Gestão de Redes de Franquias e Negócios, promovido pelo Grupo BITTENCOURT, terá uma participação de peso em seu primeiro painel. Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza, sobe ao palco para falar sobre “A radicalização da inclusão. O Magalu e sua missão de digitalizar o Brasil”, no dia 1º de outubro.

O Magazine Luiza é uma empresa marcada pelas transformações ao longo de sua trajetória. A rede tem o propósito de inclusão em sua essência. “Duas coisas nos tornam únicos. O nosso propósito: o Magalu quer ‘dar acesso a muitos, aquilo que é privilégio de poucos’. E o fato de que não temos uma fórmula pronta para conquistá-lo. Costumamos dizer que, no Magalu, ‘o que não muda é que a gente sempre muda’. É quase um mantra. Impulsionados pelo nosso propósito, vendemos a primeira tevê a cores para os consumidores do interior de São Paulo, a primeira lavadora para a classe média brasileira e, mais recentemente, o smartphone – que é a porta de entrada para o mundo conectado”, ressalta Trajano.

A intenção de digitalizar o Brasil vem sendo colocada em prática por meio de ações da rede e iniciativas recentes, como o Expo Magalu, evento que apresentou tendências, soluções e ideias para o varejo digital. Além do CEO, outros palestrantes de peso estiveram na iniciativa, como Luiza Helena Trajano, presidente do Conselho de Administração do Magalu, e o apresentador e empreendedor Luciano Huck.

Na ocasião, o Magalu lançou uma série de benefícios para os vendedores de seu marketplace. Entre elas, um programa de benefícios para quem usa a entrega de produtos por meio da logística da empresa, a Malha Luiza, e até a retirada em loja.

O primeiro parceiro nessa nova estratégia será a Netshoes, adquirida pelo Magalu em 2019, para produtos em lojas de São Paulo. Já para o consumidor, o que muda é que o frete grátis para compras a partir de R$ 99 será também aplicado a essa categoria do marketplace.

“É parte também da nossa estratégia dar aos pequenos varejistas do país acesso aos milhões de consumidores que estão na web. Para isso, temos o nosso marketplace, que já responde por 24% das vendas do e-commerce total. Adicionamos em média 1 mil novos lojistas (sellers) por mês na plataforma e finalizamos o trimestre com mais de 8 mil parceiros, que disponibilizam 7,5 milhões de itens aos nossos clientes. O forte crescimento na nossa base de sellers, no sortimento e nas vendas do marketplace fortalece a nossa estrutura para desenvolver e escalar o Magalu as a Service (MaaS), que consiste em disponibilizar para terceiros os mesmos serviços que já oferecemos para nossa  própria operação de e-commerce”, explica Frederico Trajano.

“Não é o valor de ação por si só que nos move. Ou rentabilidade. Ou participação de mercado. É o nosso propósito que está por trás da nossa ambição de crescimento, e estamos sempre encontrando novos caminhos para torná-lo realidade”, complementa o CEO do Magalu.

O 10º Fórum Internacional de Gestão de Redes de Franquias e Negócios acontece nos dias 1 e 2 de outubro, no Teatro Santander, em São Paulo. Em nove edições, já recebeu mais de 9 mil executivos, dentre CEO’s, diretores e gerentes, de 2 mil empresas, incluindo as maiores redes de franquias e negócios do país.

Além de Frederico Trajano, os debates contarão com lideranças de destaque como Stephane Engelhard, VP de Assuntos Institucionais do Carrefour, Augusto Lins, presidente da Stone, Caito Maia, fundador e presidente da Chilli Beans, Chieko Aoki, presidente da rede Blue Tree Hotels, Marcelo Bertini, presidente do Cinemark, dentre outros.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta