“O objetivo é entregar um produto de qualidade, a um preço justo e em menos de 30 minutos”

721
[tempo para leitura: 2 minutos]

A Domino’s, maior rede de pizzarias do mundo, tem uma estratégia focada em delivery e tecnologia para melhor experiência do consumidor. Kadu Martins, CEO da companhia no Brasil desde que a operação foi comprada pelo Private Equity da Vinci Partners, falará sobre a estratégia da rede no 10º Fórum Internacional de Gestão de Redes de Franquias e Negócios. Ele falará sobre “Como superar Facebook, Google, Amazon e Apple em uma única fornada”, no primeiro dia do evento, organizado pelo Grupo BITTENCOURT.

A companhia está investindo R$ 250 milhões até 2023, para chegar a 650 lojas no país em cinco anos. Quase metade desses recursos será destinada ao estado de São Paulo. Até o fim de outubro, a rede vai inaugurar uma loja a cada três dias na capital paulista e o interior. O mercado paulista inclusive já ultrapassou o do Rio de Janeiro, estado pelo qual a marca iniciou as atividades no país, em 1993.

A marca deverá fechar o ano de 2019 com um crescimento de mais 80% no faturamento, dado o ritmo de aberturas de novas lojas. Até dezembro, a Domino’s terá 300 unidades, o que a torna líder em número absoluto de lojas.

O plano de expansão busca garantir a proximidade e o padrão de qualidade e entrega para que as pizzas cheguem quentinhas à casa do cliente. “O objetivo é entregar um produto de qualidade, a um preço justo e em menos de 30 minutos – e a Domino’s foi pioneira em usar a tecnologia a seu favor para melhorar essa experiência. Com a transformação digital, a companhia passou de uma empresa que vende pizza online para uma empresa de e-commerce que vende pizza”, explica Kadu Martins.

A rede posiciona-se como empresa de tecnologia, que tem um braço de e-commerce, outro de franchising e mais um de fabricação de pizzas. O investimento na transformação digital acontece de forma contínua. “Este é um ano de investimento na base tecnológica para que a transformação digital possa ocorrer de forma segura e acelerada.

A rede está investindo na troca do sistema de PDV proprietário da Domino’s Internacional, o que irá possibilitar uma melhor integração e maior velocidade no lançamento de novas tecnologias da marca no Brasil”, ressalta o CEO.

Outras inovações devem a chegar ao mercado brasileiro em breve. A Domino’s inaugurou há três meses o Innovation Garage, na sede da companhia em Ann Arbor (Michigan-EUA). O espaço oferece uma pizzaria para o desenvolvimento e teste de novas tecnologias, como pedidos de quiosques e rastreadores de transporte em uma loja.

Também permite testar inovações na entrega, como G.P.S. rastreamento de entrega e veículos autônomos. As instalações receberam visita de Kadu Martins e do diretor de Franquias, Eduardo Ribeiro, em setembro.

Além do CEO da Domino’s, o painel “Startup Mindset: Inovação, Ousadia, Conhecimento e Agilidade – Uma nova geração de negócios e empreendedores” terá a participação de Augusto Lins, CEO da Stone.

O 10º Fórum Internacional de Gestão de Redes de Franquias e Negócios acontece nos dias 1 e 2 de outubro, no Teatro Santander, em São Paulo. Em nove edições, já recebeu mais de 9 mil executivos, dentre CEO’s, diretores e gerentes, de 2 mil empresas, incluindo as maiores redes de franquias e negócios do país.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta