Foot Locker investe em site comércio eletrônico e conteúdo NTWRK

480
[tempo para leitura: 2 minutos]

A Foot Locker está investindo na plataforma de e-commerce e conteúdo NTWRK. Pelo acordo, as duas empresas irão trazer marcas conhecidas, criarão conteúdo e acessarão figuras notáveis na cultura jovem.

Foot Locker e Live Nation lideraram a rodada de investimentos, elevando o total de fundos da série A da plataforma NTWRK para US$ 10 milhões, de acordo com um comunicado de imprensa. A varejista investiu US$ 3 milhões na plataforma.

A plataforma fez parceria com marcas de roupas como Nike, Jordan, Adidas, Puma, Champion e New Balance. Celebridades como Billie Eilish, Odell Beckham Jr. e Alexander Wang participaram dos lançamentos dos produtos NTWRK.

A decisão da Foot Locker de investir na NTWRK é motivada pelo desejo de manter sua relevância entre os jovens consumidores.

“A plataforma de conteúdo inovadora e envolvente da NTWRK é pioneira na maneira como as marcas contam suas histórias e na forma como a cultura jovem compra”, disse Richard Johnson, presidente e CEO da Foot Locker em comunicado. “Na Foot Locker, estamos focados em continuar elevando a experiência do cliente e investindo em crescimento, e nossa parceria com a NTWRK reflete nosso compromisso em impulsionar nossos negócios de maneiras novas e empolgantes”.

Este não é o único investimento que o varejista de roupas fez recentemente. No início deste ano, a Foot Locker anunciou que investiu US$ 100 milhões no grupo GOAT, um marketplace de tênis. Em janeiro, também investiu US$ 3 milhões na Super Heroic, uma startup de roupas esportivas para crianças, e em fevereiro, US$ 12,5 milhões na Rockets of Awesome, uma empresa de roupas infantis.

A Foot Locker também fez investimentos dentro de sua própria empresa. Em janeiro, a companhia abriu sua primeira “Power Store” nos arredores de Detroit, Michigan, e planeja abrir mais unidades em outras grandes cidades.

Em março, a Foot Locker registrou as melhores vendas de sua história, mas seus ganhos no primeiro trimestre foram inferiores ao esperado.

Com informações do site Retail Dive
* Imagem reprodução

Deixe uma resposta