Vendas da Costco têm alta de 7% no comparativo anual

512
[tempo para leitura: 2 minutos]

As vendas da Costco aumentaram 7% no comparativo anual, chegando a US$ 46,45 bilhões no quarto trimestre fiscal, encerrado em 1º de setembro. As vendas aumentaram 7,9% no ano fiscal completo, para US$ 149,35 bilhões.

As vendas comparáveis aumentaram 5,1% no quarto trimestre e 6,1% no ano fiscal. O crescimento nos EUA foi ainda mais pronunciado, com ganhos de 6,2% no trimestre e de 7,8% no ano. As composições de comércio eletrônico cresceram quase 20% no trimestre e mais de 23% no ano.

O lucro operacional aumentou US$ 17 milhões no quarto trimestre e o lucro líquido aumentou 5,2%, atingindo US$ 1,1 bilhão. O lucro líquido do ano cresceu cerca de 17%, para US$ 3,66 bilhões.

O CFO da varejista havia dito anteriormente que a empresa “não viu o comércio eletrônico assumir o controle”. Isso é verdade, já que o crescimento online da Costco ainda fica atrás do Walmart, mas a rede varejista ainda está avançando sem sacrificar o lucro.

Os analistas da Cowen & Co., liderados por Oliver Chen, apontaram que o crescimento online da Costco foi “impulsionado pelo forte desempenho em bens duráveis, incluindo eletrônicos e eletrodomésticos, além de um crescimento robusto e contínuo no supermercado online”, além da inclusão de novos produtos, como eletrodomésticos da KitchenAid, Weber Grills, produtos de beleza e diversos itens de “caça ao tesouro”.

O analista da Morningstar, Zain Akbari, descreve a abordagem da Costco no comércio eletrônico como “calculada”. Ele também ressalta que 60% das vendas online consistem no abastecimento de lojas em itens que não são de mercearia, que ele descreve como “ótimos”, considerando a força física do varejista.

“Acreditamos que seu modelo de associação, alavancagem de custos e poder de compra fortalecido por sua variedade concentrada criam uma proposta de valor difícil de replicar online, pois os custos de envio interferem na economia proporcionada por um ambiente de loja de baixo custo”, disse Akbari.

Enquanto isso, o tráfego de lojas aumentou 3,6% nos EUA e as taxas de renovação de associação atingiram uma alta histórica de 90,7% nos EUA e no Canadá, destacaram analistas do Telsey Advisory Group. “No geral, acreditamos que a Costco está operando em um nível alto e melhor do que a maioria do varejo”, disseram os analistas.

Dados e análises de Cuebiq mostram que a Costco teve as maiores taxas de fidelização dos compradores entre os visitantes da rede, do Sam’s Club, Target e BJ’s durante o verão. Entre seus clientes, 66% visitaram apenas uma unidade da Costco, não um Sam’s Club, Target ou BJ’s.

Os analistas do Telsey Advisory Group disseram que, embora os investidores estejam preocupados com a desaceleração dos mercados ao longo do tempo, eles esperam que “a Costco continue sendo uma valorizadora de ações, com suas sólidas tendências de vendas e tráfego”, bem como taxas de renovação e outras vantagens.

Com informações do site Retail Dive
* Imagem reprodução

Deixe uma resposta