Fluxo nos shopping centers tem ligeira alta em setembro

665
[tempo para leitura: 2 minutos]

O Iflux, índice que mede o fluxo de pessoas em shopping centers no Brasil, desenvolvido pelo IBOPE Inteligência, a partir das informações da Mais Fluxo, aponta para um leve crescimento, ainda que abaixo das avaliações de outros períodos. Em setembro, o indicador cresceu 1,5% na comparação com o mesmo período de 2018. Este valor fica um pouco abaixo da evolução verificada em agosto, de 2% e também do mesmo mês do ano passado, quando houve crescimento de 2,3%.

Um bom indicador do período é que a “Semana do Brasil” contribuiu de forma moderada para o aumento do fluxo de pessoas em setembro, mês caracterizado pelas baixas vendas, já que não possui feriados ou datas comemorativas. Entre os dias 6 e 15 de setembro, o fluxo de pessoas cresceu 2,5%, na comparação com a mesma semana de 2018, quando houve crescimento de 2,4%.

A confiança dos consumidores, medida pela FGV, também cresceu em setembro na comparação com o mesmo mês de 2018, com alta de 7,3%, representando o quarto aumento consecutivo. O índice atualmente está em 89,7 pontos, demonstrando uma pequena melhora em relação à queda observada de março a julho, mas abaixo dos níveis alcançados no final do ano passado, quando a pontuação alcançada foi de 94,9 pontos.

A inflação controlada ajudou a fomentar o consumo, já que no período de 12 meses encerrado em setembro, a inflação geral (IPCA-IBGE) acumulou variação de 2,5%, contra os 3,3% medidos até setembro do ano passado.

Os sinais positivos nos últimos meses são favoráveis à perspectiva de continuidade de expansão moderada do consumo das famílias nos próximos meses. No entanto, o contexto de lenta retomada do mercado de trabalho impede uma rápida reversão do quadro ainda pressionado do orçamento familiar, o que deve continuar a limitar o crescimento maior do varejo neste ano.

Assim, tendo em vista o aumento do Iflux em setembro e outros sinais positivos, a expectativa é que o volume de vendas do comércio varejista continue em lento crescimento. A projeção preliminar para as vendas do varejo restrito (PMC) é de 2% em relação a setembro de 2018, após alta de 1,3% em agosto.

*Imagem reprodução

Deixe uma resposta