Brasil recebe associação internacional do mercado de incentivos

779
[tempo para leitura: 2 minutos]

A IMA – Incentive Marketing Association, entidade que representa a indústria de incentivos, irá iniciar suas atividades no Brasil. O objetivo da entidade é capacitar um dos mercados que têm apresentado melhores resultados no país. O setor movimenta mais de R$ 8 bilhões anuais no Brasil, segundo dados da AMPRO – Associação de Marketing Promocional, e tem crescido em campanhas, premiações, eventos e viagens.

Estudo realizado pela AMPRO em parceria com a ABRH – Associação Brasileira de Recursos Humanos, realizada com 407 empresas durante o CONARH 2019, constatou que 98% reconhecem a importância das campanhas de incentivo para a melhoria do desempenho profissional dos colaboradores. Além disso, 87% atrelam as premiações à felicidade dos funcionários. Com o recente marco legal, que aprovou a premiação habitual pela Reforma Trabalhista, as expectativas ficam ainda mais otimistas para o setor no país.

“A proposta da IMA Brasil tem viés na educação a respeito das boas práticas do Incentivo, da disseminação de conceitos fundamentais, organização de eventos periódicos presenciais e online sobre assuntos que impactam o setor, além de trabalhar pela certificação internacional de empresas e profissionais. Contribuir para o avanço dessa indústria no Brasil, principalmente com muita proteção legal”, disse Gilmar Pinto Caldeira, presidente do IMA Brasil.

Uma das primeiras ações está na pauta do IMA Brasil é a orientação a respeito do marco legal que aprovou o prêmio habitual nas empresas (art. 457, parágrafos 2º e 4º da CLT), sem que a premiação incida em encargos trabalhistas ou previdenciários. No levantamento feito pela AMPRO e pela ABRH durante o CONARH, 42% das empresas entrevistadas ainda desconheciam a aprovação.

Também faz parte da programação da entidade a concessão das primeiras certificações profissionais ainda em 2019, com a aplicação do IP – Incentive Professional, a única certificação internacional do segmento. “O IP é o primeiro passo para obter o CPIM – Certification for Incentive Professionals, a certificação internacional que reconhece profissionais de incentivo que demonstram o conhecimento e a liderança essenciais para terem sucesso no setor”, esclareceu Caldeira.

Apenas nos EUA, 84% das empresas gastam US$ 120 bilhões anualmente no setor de incentivos. Deste total, US$ 36 bilhões são gastos em viagens e US$ 84 bilhões em pontos-prêmio, mercadorias e cartões-presente para recompensar equipes de vendas, funcionários, parceiros de canal e clientes.

A IMA é É composta por vários grupos estratégicos da indústria, incluindo o Incentive Gift Card Council (IGCC), a Incentive Manufacturers & Representatives Alliance (IMRA), o Incentive Travel Council (ITC) e os Incentive & Engagement Solution Providers (IESP).

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui