Mais da metade dos empresários está otimista com o fim de ano

620
[tempo para leitura: 2 minutos]

De acordo com pesquisa realizada pela Boa Vista, 53% dos empresários estão otimistas em relação à expectativa de crescimento do faturamento de seus negócios para este fim de ano. O percentual representa um crescimento de sete pontos na comparação com o mesmo período de 2018, quando 46% tinham esta percepção. Outros 27% disseram que o faturamento seguirá igual neste último trimestre; enquanto 15% esperam uma diminuição. 5% dos pesquisados afirmaram não ter opinião.

Outros 48% dos empresários informaram estar ávidos para fazer novos investimentos ainda neste último trimestre de 2019. O percentual representa um aumento de 10 pontos percentuais na comparação com o mesmo período de 2018.

Quando questionados em quais áreas pretendiam investir, 52% dos empresários afirmaram que irão investir em Tecnologia. 51% dos pesquisados escolheram a opção Novos Produtos e Serviços, enquanto que 39% informaram que irão investir em Pessoal e Força de Trabalho.

Além disso, 30% dos empresários esperam uma diminuição da inadimplência neste último trimestre de 2019 contra 26% no mesmo período de 2018. Outros 40% acreditam que a inadimplência deve seguir igual, enquanto que para 23% ela deverá aumentar. 7% disseram não ter opinião.

O nível de endividamento deve continuar igual na opinião de 35% dos empresários em relação ao mesmo período de 2018. Outros 35% esperam que o endividamento diminua. Ao mesmo tempo, 15% esperam um aumento do endividamento, uma diminuição de 4 p.p. em relação ao quarto trimestre de 2018.

Para realizar investimentos, 28% dos pesquisados afirmaram que irão demandar mais crédito no mercado até o fim de 2019, uma queda de 5 p.p. em relação a 2018. 61% não demandarão mais crédito, o que representa um aumento de 7 p.p. na comparação com o mesmo período do ano passado. 11% não têm opinião.

Dentre os 28% que pretendem demandar crédito, 42% o farão com o objetivo de realizar novos investimentos, 32% para alavancar novos negócios e 26% para pagar empréstimos e credores.

Ainda entre os 28% que responderam que irão demandar mais crédito até o fim deste ano, 55% esperam encontrar taxas de juros menores. Isso representa um crescimento de 17% em relação ao 4º trimestre de 2018. Outros 26% esperam encontrar juros iguais, enquanto 19% esperam juros maiores este ano.

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui