Valor médio dos gastos de fim de ano deve ser maior em 2019

995
[tempo para leitura: 2 minutos]

Os brasileiros pretendem gastar, em média, R$ 564,95 nas festas do fim deste ano. Este valor inclui despesas com viagens e alimentação e é maior do que a média de 2018, quando o total ficou em R$ 482,54. O levantamento é parte de pesquisa realizada pela Boa Vista com 1.300 consumidores de todo o Brasil, que contatou também que 61% dos consumidores não devem comprometer mais que 25% da renda familiar com despesas das festas.

Ainda de acordo com o estudo, 83% dos consumidores irão presentear alguém no Natal, sendo que 70% pretendem presentear três ou mais pessoas. 67% pretendem gastar menos dinheiro em relação ao ano anterior, o que representa uma queda pois em 2018 o percentual era de 72%. Em relação ao número de presentes, 63% pretendem comprar menos presentes este ano em relação a 2018, uma queda de 5 p.p em relação ao ano passado.

Entre os 17% que não irão comprar presentes, 26% apontaram o endividamento como principal causa, contra 32% em 2018. Para 25% o motivo será o desemprego, contra 21% no ano passado. 15% apontaram contenção de despesas como justificativa, 15% informaram não comemorar a data, 10% priorizam outras contas, 6% acreditam que os preços aumentaram e 3% disseram que sofreram uma redução da renda.

51% dos consumidores não querem gastar mais do que R$ 500 considerando todas as compras que precisam fazer para Natal e Final de Ano. Destes, 27% pretendem gastar até R$ 300 e outros 24% entre R$ 301 e R$ 500.

Entre os brasileiros que farão compras de Natal, 37% irão a lojas de shoppings, 34% irão se dividir entre as lojas de departamentos e centros comerciais e 29% escolherão as lojas de rua.

Em relação ao pagamento, 63% dos consumidores irão pagar à vista as compras de Natal e Final de Ano, em 2018 eram 67%. O principal meio de pagamento será o cartão de débito com 38% das menções, contra 36% no ano passado e 34% usarão dinheiro em espécie, contra 45% em 2018.

Os outros 37% dos consumidores pagarão a maior parte de suas compras de forma parcelada. Em 2018, eram 33%. Para esta divisão das compras, o cartão de crédito será o meio de pagamento utilizado por 94% deles.

O ticket médio por pessoa (ou presente) não deverá ultrapassar o valor de R$ 59,76, um crescimento de 12% em relação a 2018. No ano passado, o aumento do valor médio foi de apenas 1% em comparação com 2017, quando o valor foi de R$ 53,37.

A ceia deste Natal promete ter o mesmo tamanho do ano passado. 54% dos pesquisados informaram que a ceia de Natal deste ano terá a mesma fartura que a do ano anterior, em 2018 eram 50%. Porém, para outros 27%, ela será menos farta, contra 33% em 2018. Os que disseram que a ceia estará mais farta representam 19%, frente aos 17% dos respondentes do ano passado.

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui