Ikea faz parceria com startup para aprimorar processos de logística reversa

895
[tempo para leitura: 2 minutos]

A marca sueca de móveis Ikea firmou parceria com a startup de logística Optoro, a fim de melhorar seus processos de gerenciamento de retornos e logística reversa. O projeto piloto abrangerá dez centros de distribuição da Ikea, 50 lojas de varejo e seu centro de suporte ao cliente nos EUA, com potencial de expansão para outros mercados no futuro.

A plataforma da Optoro usa análise de dados e algoritmos de learning machine para redistribuir o estoque devolvido e em excesso para os melhores locais na rede da varejista. A empresa também pode criar uma visão completa dos processos de logística reversa.

“Estamos em uma missão para nos tornar um negócio circular até 2030”, disse Javier Quiñones, presidente e diretor de sustentabilidade da Ikea Retail EUA. “A solução da Optoro nos permitirá eliminar grande parte dos resíduos criados na cadeia de suprimentos reversa, desde minimizar as emissões de carbono liberadas no transporte de retorno até encontrar as melhores lojas próximas para os itens devolvidos”.

A Ikea prevê que o uso da análise de dados em seu processo de devolução reduzirá o volume de produtos enviados para aterros. “Os varejistas que utilizam as plataformas de otimização de devoluções podem desviar dos aterros mais de 99% dos produtos devolvidos, eliminar desperdícios em até 70% e reduzir as emissões em 51%”, afirmou a startup.

Desviar mercadorias vendáveis ​​de aterros sanitários e voltar aos destinos de varejo não é apenas uma opção mais sustentável, mas também pode servir aos resultados dos varejistas. Um estudo da Arris Retail estima que mais de US$ 369 bilhões em vendas foram perdidas em 2018, devido a devoluções, que também podem aumentar os estoques e os custos da redistribuição e inventário de merchandising.

O valor do investimento da Ikea na última rodada de financiamento da Optoro não foi divulgado. O varejista fez investimentos em uma variedade de empresas de energia alternativa e reciclagem, enquanto trabalha para reduzir o desperdício.

Enquanto a Ikea pilota as soluções de otimização de logística reversa da Optoro, ela também vem trabalhando para tornar suas operações mais sustentáveis. Em uma carta aos funcionários sobre o apoio da empresa ao Acordo Climático de Paris, Quiñones disse que a Ikea planeja fazer entregas domiciliares em Nova York e Los Angeles 100% elétricas até 2020. A marca já opera entregas de última milha totalmente elétricas em Xangai e tem objetivos de expandir o programa para Amsterdã e Paris até 2020.

Com informações do site Retail Dive
* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui