Natal: movimento e vendas dos shoppings devem ter alta este ano

802
[tempo para leitura: < 1 minuto]

As previsões do Natal deste para os shopping centers são positivas. Os resultados acima do esperado na Black Friday e o aumento do fluxo de pessoas nos shoppings durante o ano, sobretudo nas últimas duas semanas, fazem com que um crescimento das vendas de Natal em relação ao ano passado seja esperado, de acordo com a ALSHOP (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping).

Um fator muito positivo para a estimativa de crescimento nas vendas de final de ano, além da liberação do FGTS, PIS/PASEP e pagamento da segunda parcela do 13º salário, são as contratações temporárias de cerca de 44 mil colaboradores a mais do que em 2018. Esta deve ser a maior quantidade de contratações desde 2014.  Os setores que mais devem contratar são: vestuário, calçados, perfumaria e cosméticos, brinquedos e supermercados.

“Além da abertura de dez novos shoppings, o que também vai contribuir muito com o aumento das vendas de final de ano será a inauguração de quiosques temporários e lojas pop-ups, representados pelos setores de artigos de decoração e natalinos, alimentação e chocolates, acessórios e telefonia”, afirmou Luís Augusto Ildefonso, diretor institucional da ALSHOP.

Segundo um levantamento feito pelas maiores administradoras de shopping, houve um aumento de 8,3% nos três primeiros trimestres do ano, em relação ao mesmo período do ano anterior.  “Houve uma constante evolução do movimento de vendas conforme resultado veiculado pelas principais administradoras de shoppings. Podemos então dizer que esse é mais um fator de otimismo para as vendas deste final de ano”, concluiu Ildefonso.

* Imagem reprodução

Deixe uma resposta