Varejistas de moda estão otimistas com o fim de ano

896
[tempo para leitura: < 1 minuto]

Os varejistas de moda costumam ficar ansiosos com a chegada do final do ano, ocasião em que as vendas costumam aumentar. De acordo com Edmundo Lima, diretor executivo da ABVTEX -Associação Brasileira do Varejo Têxtil, “nesta data as roupas sempre estão na lista de itens mais procurados, seguidas de calçados e acessórios, como bolsas, bijuterias e joias”.

A Black Friday trouxe crescimento nas vendas e o Natal traz perspectivas semelhantes. “Cerca de 86% das redes varejistas associadas à ABVTEX reportaram vendas maiores no mês de novembro em comparação com o mesmo período de 2018”, disse Lima.

Parte da animação do setor se deve ao pagamento do 13º salário, que leva os consumidores às compras. O IEMI – Inteligência de Mercado estima que as vendas de Natal no varejo de vestuário deste ano devem crescer 5% em valores reais, se comparadas às do mesmo período de 2018.

O faturamento previsto do varejo de vestuário para o Natal em 2019 é de R$ 36,10 bilhões, valor superior aos R$ 34,39 bilhões no ano passado. O volume de vendas natalinas esperado é de 978 milhões de peças de roupas com incremento de 2,9%.

Ainda de acordo com dados do IEMI, o varejo de vestuário em 2019 deverá faturar R$ 229,5 bilhões, com crescimento de 1,7% sobre 2018. Em volumes, a previsão é de 6,25 bilhões de peças vendidas, com crescimento de 0,6%.

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui