Cresce quantidade de shoppings que não realizam promoções de Natal

1451
[tempo para leitura: 2 minutos]

A visão de que o Natal é a época para fazer sorteios em shoppings está mudando. De acordo com pesquisa do IBOPE Inteligência, a quantidade de shoppings brasileiros que não estão realizando nenhuma promoção para a data passou de 10% em 2013 para 25% em 2019.

Entre os empreendimentos que estão investindo em ações promocionais, 42% optaram por sorteios, o que representa uma queda de 20 pontos percentuais em seis anos. Nos shoppings de médio porte, esse percentual é de 51%.

Um tipo de promoção que continua aparecendo com força é a modalidade mista, onde o cliente leva um brinde para a casa e também concorre a prêmios maiores em um sorteio. Quem mais tem investido neste modelo são os shoppings de grande porte e os localizados nas regiões Sul e Sudeste.

Ao considerar as principais modalidades de promoção, o consumidor tem clara preferência pelo comprou-ganhou, que fica com 63% da preferência, enquanto que participar de um sorteio concorrendo com milhares de outros consumidores não tem tanta aceitação, já que apenas 21% dos consumidores preferem essa modalidade de promoção.

Segundo o estudo do IBOPE Inteligência, as promoções do tipo “comprou-ganhou” duram em média 30 dias e, para participar delas, os clientes devem gastar, em média, R$ 380, valor que é 30% maior do que o valor médio para participar dos sorteios (R$ 290) e que duram, em geral, 53 dias.

Atualmente, 22% dos shoppings oferecem como alternativa para participar dos sorteios a troca de cupom de forma virtual, evitando ou reduzindo filas nos balcões de troca, um salto expressivo em relação aos 0,5% de 2013.

Outra ação para reduzir filas e incentivar o aumento no consumo é a troca de cupons dobrados em dias de menor fluxo. 55% das promoções do tipo sorteio possui algum incentivo para dobrar o número de cupons. A recorrência desse tipo de incentivo é maior nos shoppings de pequeno e médio porte.

O brinde mais comum nas promoções “comprou-ganhou” continua sendo o panetone, seja em latas decoradas ou de marcas conhecidas. Dos shoppings que estão dando brindes em 2019, 54% escolheram esse produto como prêmio. Outras premiações são kits de beleza, pelúcias, pão de mel, bijuterias, ingressos para eventos, entre outros.

Dentre os shoppings que adotam os sorteios, 64% terão um carro como prêmio, sendo o mais distribuído nos sorteios de Natal, mas que apresenta redução em relação à pesquisa de 2013, quando representava 79% dos sorteios. Em segundo lugar estão os vale-compras, adotados por 19% dos shoppings.

“Seja para prêmios ou brindes, nota-se a pouca inovação no tema. A fórmula ‘panetone-carro’ vem dando certo, porém fica a dúvida: até quando o cliente aceitará a falta de novidade?”, disse Juliana Piai, gerente de atendimento e planejamento da unidade de shopping, varejo e imobiliário do IBOPE Inteligência.

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui