Forever 21 investe em e-commerce para contornar crise

1346
[tempo para leitura: < 1 minuto]

A marca de fast fashion Forever 21 vem enfrentando muitas dificuldades, causadas, de acordo com a empresa, pelos altos custos imobiliários e pela demora em investir em inovação e sustentabilidade. Das 815 lojas da Forever 21, 350 foram fechadas e a marca entrou com pedido de proteção contra falência nos EUA.

Para tentar contornar o quadro, a companhia está investindo no comércio eletrônico, com foco no Canadá, América Latina e na região Ásia-Pacífico. A empresa afirmou que o projeto permitirá que os clientes destes locais tenham uma experiência de compra online aprimorada, respeitando as características regionais e as preferências dos consumidores.

Entre as mudanças dos e-commerces da marca estão o uso de mais de 150 métodos de pagamento locais e alternativos; possibilidade de comprar em 21 idiomas; novas modalidades de envio e entrega; facilidade de devolução; entre outras.

“Para envolver hoje os consumidores com conhecimento digital, os varejistas precisam investir na criação de uma experiência online exclusiva que fale diretamente com o comprador”, afirmou Alex Ok, presidente da Forever 21.

*Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui