Forever 21 chegou a um acordo milionário para vender seus negócios

1486
[tempo para leitura: < 1 minuto]

A Forever 21 chegou a um acordo de US $ 81 milhões para vender seus negócios de varejo a um grupo que inclui o Simon Property Group, a Brookfield Property Partners e a Authentic Brands. A loja disse que está buscando aprovação para nomear os três como os principais compradores.

Licitantes rivais têm até sexta-feira para fazer qualquer contra-proposta, informou o documento. Se outras ofertas forem feitas, um leilão será realizado no dia 10 de fevereiro. A Forever 21 planeja buscar a aprovação da venda até 11 de fevereiro.

A Forever 21 entrou com pedido de proteção contra falência em setembro. A cadeia de roupas de shopping centers, que atende clientes mais jovens, teve problemas ao se expandir muito rapidamente dentro e fora dos Estados Unidos. A Forever 21 fechou mais de 100 locais desde seu pedido de falência. Ainda em setembro possuía mais de 800 lojas em todo o mundo.

O medo para muitos dos donos de shoppings da América é que a liquidação da Forever 21 os deixaria com muito espaço vago. Simon e Brookfield são dois dos maiores proprietários da Forever 21.

Embora não seja comum uma empresa imobiliária adquirir um varejista, a estratégia já foi usada com sucesso antes.

Em 2016, Simon e a General Growth Properties, proprietária do shopping, agora pertencente à Brookfield Property Partners, se uniram para resgatar a varejista de roupas para adolescentes Aeropostale. Os dois faziam parte de um grupo que finalmente ganhou um leilão para comprar a marca fora do tribunal de falências, recuperando seus bens imobiliários. Na época, Simon tinha cerca de 160 lojas Aeropostale em seu portfólio, enquanto a GGP possuía 77. Uma liquidação as deixaria com mais de 200 lojas vazias.

Com informações do portal CNBC
* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui