Coronavírus: B2W não prevê efeitos imediatos em seus resultados

844
B2W
[tempo para leitura: < 1 minuto]

A B2W não prevê efeitos imediatos em seus resultados do surto de coronavírus que começou na China. Porém, pode alongar os prazos de entregas de algumas encomendas internacionais, disse nesta um executivo do grupo de comércio eletrônico.

“O coronavírus não deve ter efeito material de curto prazo sobre nossos negócios”, afirmou o diretor de relações com investidores da companhia, Raoni Lapagesse, durante teleconferência sobre os resultados do quarto trimestre.

Entregas internacionais

Por outro lado, o executivo afirmou que a B2W já alongou alguns prazos de entrega para algumas encomendas internacionais, refletindo problemas provocados nas cadeias de fornecimento de alguns produtos, mas não detalhou quais.

De todo modo, a companhia mantém planos de abrir um segundo escritório na China. A B2W já tem uma unidade na China continental e o próximo será em Hong Kong.

Em relação à logística doméstica, Lapagesse afirmou que a companhia deve experimentar ao longo do ano um grande salto na velocidade de entrega de produtos.

“A B2W está pronta para ter grande redução dos prazos de entrega, para serem contados em horas em vez de dias”, disse.

Com informações da Reuters
* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui