Vendas globais de smartphones apresentam queda no quarto trimestre de 2019

457
Mercado de smartphones
[tempo para leitura: 2 minutos]

O Gartner acaba de anunciar que as vendas globais de smartphones para usuários finais registraram uma queda de 0,4% no quarto trimestre de 2019 se compararmos com o mesmo período do ano anterior. No geral, em 2019, as vendas de smartphones caíram 1,0%.

“O ano de 2019 terminou um pouco melhor do que o esperado, devido ao desempenho ligeiramente positivo da América do Norte e do mercado emergente da região da Ásia-Pacífico”, diz Anshul Gupta, analista de Pesquisa Sênior da Gartner.

“Vale destacar, ainda, que a Índia, que vendeu 151,9 milhões de unidades, ultrapassou os Estados Unidos e se tornou o país número 2 em vendas de smartphones em 2019. A China manteve a liderança, com 390,8 milhões de smartphones comercializados durante o ano inteiro.”

Apple e Xiaomi foram os únicos fornecedores, entre as cinco marcas líderes do mercado, a alcançarem crescimento no quarto trimestre de 2019.

Mesmo com um declínio nas vendas, a Samsung manteve a posição número 1 do setor, com 17,3% de participação de mercado. A Apple garantiu a posição número 2 com 17,1% do mercado.

Após quatro trimestres consecutivos de queda, as vendas do iPhone, da Apple, voltaram a crescer, com um aumento de 7,8% no 4Q19.

“A ligeira queda nos preços do iPhone 11, em comparação com o iPhone XR, e dos modelos de iPhone da geração anterior permitiram aumentar a demanda e os negócios. Este ponto ajudou a Apple a recuperar a segunda posição na lista de vendas”, afirma Annette Zimmermann, vice-presidente de Pesquisa da Gartner.

As vendas de iPhones foram particularmente fortes na China, onde cresceram 39% no quarto trimestre.

A Apple também teve um desempenho forte em alguns mercados maduros e em desenvolvimento, como Reino Unido, França, Alemanha, Brasil e Índia.

Os analistas do Gartner esperam que a Apple lance seu primeiro smartphone 5G no terceiro trimestre de 2020.

Isso incentivará os usuários a atualizar seus aparelhos, em países onde os serviços de rede 5G já estão disponíveis.

Outro destaque é que as vendas de smartphones da Xiaomi totalizaram 32,4 milhões de unidades no quarto trimestre de 2019 – um aumento de 16,5%, ano a ano.

“Esse forte desempenho permitiu à Xiaomi superar o OPPO e ocupar o quarto lugar no ranking do setor”, observa Gupta. “O preço e o desempenho dos modelos Redmi impulsionaram o crescimento das vendas de smartphones da Xiaomi, e a empresa se saiu particularmente bem na área emergente da Ásia-Pacífico”.

Na China, a Xiaomi começou a aumentar os preços de seus smartphones para aumentar os lucros. O surto do vírus COVID-19 na China, por sua vez, apresenta alguns desafios para fornecedores focados no varejo, como OPPO e Vivo, mas cria oportunidades para a Xiaomi, que vem expandindo sua estratégia de canal online.

Samsung, Huawei e Xiaomi cresceram em 2019, mesmo com o declínio das vendas totais de smartphones – apesar de uma pequena contração de 0,5% em suas vendas de smartphones no quarto trimestre de 2019, a Samsung manteve sua posição número 1 no ranking global de 2019.

A companhia aumentou suas vendas anuais em 0,4%, alcançando 296,2 milhões de unidades.

Vendas globais de smartphones para clientes finais

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui