COVID-19 | O papel fundamental dos Restaurantes para a Sociedade

2201
papel dos restaurantes
[tempo para leitura: 2 minutos]

Os restaurantes podem ter nos próximos dias uma grande oportunidade de recuperação de seu faturamento impactado pela queda de movimento nos últimos dias.

Os restaurantes serão uma ótima fonte de atendimento a população durante a crise causada pelo coronavírus pois as pessoas que contraírem ficarão em isolamento e muitas não se sentirão dispostas para preparar refeições ou mesmo estarão desabastecidas.

Assim, a GS&Libbra recomenda:

  • Crie soluções de alimentação para pessoas que estarão em casa em isolamento. Refeições individuais, refeições para idosos (cortes e maciez), refeições para família, menu kids… Sugira aquisição por lotes, especialmente na oferta de congelados.
  • Simplifique o cardápio e busque oferecer alimentos que melhorem a imunidade (como combinações vegetais e legumes cozidos, uso de ervas, raízes, sucos de frutas, etc), apesar de não comprovada a importância de micronutrientes na recuperação, o bem estar a partir da alimentação saudável é muito importante. Além disso com o confinamento o consumo de alimentos mais leves é fundamental.
  • Crie rotinas de produção concentradas e horários de venda/entrega específicos. Está claro que não é necessário ter a equipe o tempo todo.
  • Divulgue essas ofertas para seus clientes habituais por whats app, mídias sociais, etc. além dos aplicativos. Aceite pedidos por múltiplos canais e tente estimular pedidos programados, busque atuar na sua vizinhança.
  • Pratique preços honestos, você não irá recuperar 100% da perda de faturamento rapidamente.
  • Observe suas equipes constantemente e afaste membros da equipe em caso de qualquer suspeita.
  • Ofereça condições ideais: sabonete bactericida, papel toalha e álcool gel.
  • Oriente para que não haja qualquer tipo de conversa durante a produção e no momento de porcionamento, quando o alimento não passará por novo processo térmico.
  • Oriente a equipe para assegurar o uso de uniformes limpos e para que sejam usados exclusivamente no ambiente de produção, nunca em transportes públicos ou durante o deslocamento.
  • No delivery, seja ele de alimentos quentes ou congelados, coloque embalagem plástica adicional a ser eliminada pelo cliente antes dele entrar em casa (além da tradicional de papel).
  • Ofereça orientação, acesso à pia para higienização de mãos e álcool gel para entregadores. Só álcool gel não resolve.
  • Oriente entregadores à limparem suas motos e mochilas com álcool 70% várias vezes ao dia. (Cobre apoio dos aplicativos nesse sentido).
  • Oriente os clientes para dispensarem embalagens e aquecerem os alimentos antes de consumir como medida adicional (lembrando que alimentos que já passaram por tratamento térmico não oferecem risco de transmissão de COVID-19, essa é uma ação de controle adicional).
  • Se alie a indústrias, distribuidores, atacadistas e cozinhas centrais para se manter abastecido.
  • Protele dívidas de curto prazo e honre salários para assegurar engajamento da equipe.
  • Busque associações do setor para negociar com o Governo formas e linhas de crédito para manter as operações ativas.

Vamos juntos compartilhar boas práticas e cuidar para a saúde e sobrevivência do setor de alimentação fora do lar.

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui