Marfrig doa R$ 7,5 milhões para a compra de testes do Coronavírus

1156
teste-novo-coronavirus-1583536024256_v2_1920x1279
[tempo para leitura: < 1 minuto]

A Marfrig Global Foods, uma das líderes mundiais em carne bovina e maior produtora global de hambúrgueres, anuncia a doação de 7,5 milhões de reais para o Ministério da Saúde. O valor será destinado à compra de testes rápidos para diagnosticar o novo coronavírus (covid-19).

Ontem, dia 22 de março, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informou que o governo tentaria firmar parcerias com a iniciativa privada para financiamento de parte das compras dos kits. A doação da Marfrig é suficiente para a compra de 100 mil testes.

“Esperamos que nossa iniciativa seja seguida por outras companhias brasileiras”, diz Marcos Molina dos Santos, fundador e presidente do Conselho de Administração da Marfrig. “Este é um momento de união e de solidariedade.”

Neste sábado (21/3), a Marfrig comunicou a seus stakeholders a manutenção da produção de todas as suas plantas no Brasil, Uruguai, Argentina, Chile e Estados Unidos, cuja operação funciona atualmente em plena capacidade. Ontem, o governo brasileiro decretou que a produção de alimentos — incluindo a de proteína animal — faz parte das atividades indispensáveis à segurança da população. Além de abastecer os mercados domésticos nas quais opera, a Marfrig exporta para cerca de 100 países. As exportações também serão mantidas.

“Firmamos um compromisso com o Brasil, com nossos clientes, colaboradores e consumidores. Continuaremos a trabalhar, seguindo à risca todos os protocolos estipulados pelas autoridades de saúde dos países nos quais a Marfrig”, diz Miguel Gularte, diretor-presidente da operação América do Sul da Marfrig e da Marfrig SA. “A segurança e o bem-estar de todos — sobretudo de nossos 30 mil colaboradores e de suas famílias — é nossa absoluta prioridade.”

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui