52% dos supermercados paulistas suspendem temporariamente as vendas online

1892
supermercado online
[tempo para leitura: < 1 minuto]

A mais recente pesquisa da Associação Paulista de Supermercados (Apas), divulgada nesta quarta-feira (1º), mostra um aumento considerável na venda de supermercados tanto em lojas físicas como online desde a instauração do isolamento social como meio de combate ao novo coronavírus no Brasil.

Com alta procura, 52% das redes que trabalham com entregas e comercialização pela internet disseram que precisaram suspender temporariamente os serviços pelo site.

Sobre o prazo, 28% dos supermercadistas disseram que a atual situação está dentro da normalidade (até 24h), 20% trabalham com prazo até dois dias, 8% até três dias, 20% até cinco dias, 12% até 7 dias e 12% superior a 7 dias.

Para atender a demanda, 64% dos supermercadistas realocaram funcionários, 20% realizaram contratações e 16% continuaram com a mesma equipe.

De acordo com a Apas, as vendas nas lojas dos supermercados paulistas subiram no último dia de março. O movimento aumentou 10% no dia 31/3, em comparação com o 3 de março, também uma terça-feira.

Na Grande São Paulo, o crescimento do movimento presencial foi um pouco maior, 18%, enquanto no interior foi de 8%.

As vendas online cresceram 107% no período de 23 a 29 de março. Os consumidores estão comprando em volumes maiores do que na semana anterior, em cerca de 60% dos estabelecimentos pesquisados. Anteriormente – período de 16 a 22 de março – as vendas online haviam crescido 74%, sendo que 77% dos clientes estavam comprando em volumes maiores que o habitual.

Com informações do portal E-commerce Brasil
* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui