“O momento agora é de muita criatividade”, alerta diretor executivo do Magazine Luiza

2118
Magazine Luiza
[tempo para leitura: 2 minutos]

O fechamento das lojas físicas tem atingindo pequenos, médios e grandes varejistas, por isso o momento é de reinvenção em meio à crise. Durante webinar promovido pela Mercado & Consumo na manhã de hoje (16), Julio Rodrigues, diretor executivo de E-commerce do Magazine Luiza reforçou a proposta da empresa em “ter tudo no Magalu” – e neste momento, tudo a um clique. Para colaborar com o debate, que trouxe como foco as boas práticas no e-commerce, executivos do Carrefour, Supermercado Nordestão e Ebit/Nielsen participaram do debate.

Com mais de 35 mil colaboradores, o desafio do Magazine Luiza tem complexidades que vão muito além do mundo digital. “A presença no digital já está consolidada há anos, principalmente por meio de ações que reforçam a marca nesse meio, como a criação e interação digital da Lu, que atende viam chatbot e whatsapp. O Magazine Luiza teve o crescimento de vendas online nos últimos 13 trimestres, acima de 50%”, afirma Julio Rodrigues, diretor executivo de E-commerce do Magazine Luiza.

O executivo disse que parte desse faturamento das lojas físicas já migrou para o online, comportamento natural que inclusive já vem acontecendo em países que já passaram por isso ou estão em lockdown. “Toda essa situação fez com a digitalização acelerasse exponencialmente nas empresas e o e-commerce, sem dúvida, é uma ferramenta que vem colaborando com a economia hoje”, observou.

Recentemente o Magazine Luiza lançou a plataforma digital Parceiro Magalu, programa voltado para que micro e pequenas empresas e trabalhadores autônomos possam vender pela internet, sem sair de casa. Segundo o executivo, o plano era anunciar a plataforma em cinco meses, mas o lançamento aconteceu em cinco dias, tudo por conta da pandemia da Covid-19. “Digitalizar o varejo e os brasileiros faz parte da nossa estratégia de negócio e do nosso propósito como empresa. Em poucos dias, mais de dez mil varejistas e 100 mil pessoas físicas se cadastraram na plataforma, que é acessada por mais de 500 mil clientes”, completou.

O programa é dividido em duas plataformas digitais. A modalidade para pessoas físicas do Parceiro Magalu funciona como um programa de afiliados, permitindo a criação de uma loja virtual individual com os produtos oferecidos no Magazine Luiza. Já, para as pessoas jurídicas, o Parceiro Magalu permite listar seus produtos na loja virtual e app do Magazine Luiza por meio de um aplicativo específico. O diretor executivo do Magazine Luiza trouxe ainda um dado que chamou a atenção durante a conversa, onde aponta que o Brasil tem hoje cinco milhões de empresas CNPJ e somente 50 mil vendem online.

Outra ação no período foi o frete grátis para produtos relacionados ao coronavírus independente do valor. A iniciativa valerá por tempo indeterminado e só para produtos entregues pelo próprio Magazine Luiza, que conta com uma malha logística que alcança todo o país, com 66% das entregas sendo realizadas apenas em 48 horas.

Segundo Rodrigues, o país está vivendo um grande momento para explorar ainda mais a criatividade, inovação e ousadia. “A busca por projetos diferenciados, parcerias e networking estão sendo altamente estimulados. A capacidade do brasileiro de fazer diferente buscando alternativas para sair dessa crise é um dos caminhos para o retorno saudável da economia do país”, disse o executivo que também completou que “o varejo requer muito trabalho”.

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui