Páscoa 2020: 62% das pessoas optaram pelas compras em supermercados

1218
Páscoa 2020
[tempo para leitura: 2 minutos]

Apesar da crise causada pelo novo coronavírus que impactou as vendas do comércio para a Páscoa, as redes de supermercados registraram uma participação de 62,29% na comercialização dos ovos de chocolates e caixas de bombons. É o que indica o levantamento realizado pela ShopFully, plataforma de geolocalização especializada em shoppers, que faz o acompanhamento de toda a jornada de compra do consumidor, do planejamento à aquisição, influenciando o fluxo de clientes nas lojas físicas.

A pesquisa, realizada com 2.182 pessoas de todo o Brasil, em sua maioria mulheres (63%) de 30 e 39 anos (38%), entre os dias 13 e 15 de abril, constatou que 62% dos consumidores adquiriu os ovos de Páscoa nas redes de supermercados, uma vez que as lojas especializadas, muitas estabelecidas em shoppings e centros comerciais, estão fechadas. Os que optaram pela compra no varejo online, de acordo com o levantamento, corresponderam à 6,44% dos entrevistados. Os produtos “caseiros”, indicados na pesquisa como “outros”, responderam por 24,34% das vendas.

No que diz respeito à preferência pelos produtos, os Ovos de Páscoa tradicionais (industrializados), corresponderam a 46,66% das compras, seguidos pelos Bombons e Barras de Chocolate, com 41,65%. Já os produtos artesanais ou caseiros foram adquiridos por 25,30% dos entrevistados.

Os presentes foram comprados no próprio fim de semana da Páscoa (50%), 36% uma semana antes e apenas 14% foram prevenidos e compraram em março. Ainda de acordo com o levantamento, 84,73% dos itens foram direcionados para a família e foram entregues pessoalmente por 45,11% dos entrevistados.

Quando o assunto é valor, os resultados trazem dados animadores, apesar da queda geral nas vendas: 41% dos entrevistados gastaram até R﹩50 por compra, enquanto 44% gastaram entre R$50 e R$150 reais e 15% gastaram acima de R$150.

Foi perguntado ainda qual a marca que chamou mais atenção nessa Páscoa, o Top of Mind foram Nestlé (23%), Lacta (22%), Garoto (13%), Cacau Show (11%) e Ferrero (5%).

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui