Vendas online de US$ 34 bi de chinesa JD sinalizam retomada

1419
Chinesa JD
[tempo para leitura: 2 minutos]

A JD.com conseguiu vendas recordes de US$ 34 bilhões durante o maior festival de compras online da China após o controle do surto de coronavírus no país, indicando que a recuperação inicial dos gastos dos consumidores tem fôlego.

Neste mês, a JD e a rival Alibaba mediram o nível de consumo dos chineses no primeiro teste importante desde que o governo de Pequim bloqueou o país em fevereiro. As maiores varejistas da China esperam que a extravagância de verão, conhecida como “6.18” (18 de junho) e que acaba nesta quinta-feira, tenha despertado uma demanda reprimida, compensando as vendas perdidas durante o trimestre de março, atingido pelo coronavírus.

A JD disse havia registrado 239,2 bilhões de yuans (US$ 34 bilhões) em transações no meio da tarde, um aumento de 33% em relação ao mesmo período do ano anterior e já superando o total de 2019. As ações da varejista subiram 3,5% na estreia em Hong Kong, depois da oferta de ações da empresa que levantou US$ 3,9 bilhões, destinada a atrair investidores asiáticos.

Marcas globais e pequenos comerciantes estocaram mercadorias por meses antes do evento anual de verão, uma oferta de barganhas superada em escalada apenas pelo Dia do Solteiro, em 11 de novembro. Tudo se resume a quanto centenas de milhões de consumidores estão dispostos a gastar depois que a segunda maior economia do mundo encolheu pela primeira vez em décadas. As apostas não poderiam ser maiores na conclusão de uma maratona de compras de 18 dias, concebida pela JD para comemorar o aniversário da empresa em 18 de junho.

“Marcas chinesas e estrangeiras tiveram vendas lentas devido à pandemia, e a ‘6.18’ se tornou a oportunidade mais importante no primeiro semestre”, disse o CEO da JD Retail, Xu Lei, em entrevista à Bloomberg Television. Para itens discricionários, como eletrodomésticos, “vimos uma recuperação do consumo.”

As vendas do setor de varejo chinês despencaram nos primeiros três meses de 2020. Embora estejam se recuperando, dados mais recentes mostram que o consumo privado ainda é lento, minando esperanças de uma recuperação em forma de V. A O cenário se complica pelo fato de a Covid-19 ter afastado consumidores das lojas e deslocado uma proporção desconhecida da atividade de varejo para a Internet, sustentando as compras online.

A JD projeta crescimento da receita de 20% a 30% neste trimestre. Xu – amplamente visto como o principal candidato para suceder o bilionário fundador Richard Liu – diz que a JD está no caminho para atingir a meta, e não é ameaçada pelos concorrentes, como em aparelhos de consumo.

“Eu não danço com eles, danço com os usuários”, disse.

Lançada em 2014 como resposta ao Dia do Solteiro do Alibaba, o festival 6.18 se transformou em outro ritual anual para empresas de comércio eletrônico e parceiros offline, como Walmart e Suning.com. Além dos números das manchetes, ainda não está claro o quanto a promoção contribui para os lucros devido aos grandes descontos oferecidos.

Com informações da Bloomberg.
* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui