Segundo a presidente da Lukscolor, o consumidor está buscando cada vez mais produtos que sejam funcionais

1303
Maria Cristina Potomati Fiuza - Presidente -Lukscolor (1)
[tempo para leitura: 3 minutos]

Com cerca de 30 mil clientes espelhados pelo Brasil, a Lukscolor, empresa brasileira focada no segmento premium de tintas e acessórios para pintura é a única fabricante brasileira de tintas que faz parte do Color Marketing Group, associação que reúne profissionais de todo o mundo e que tem papel importante em ditar tendências de cores para vários segmentos. E na manhã de hoje (24 de junho) sua presidente, Maria Cristina Potomati Fiuza, esteve ao lado de outros executivos para falar sobre o futuro dos negócios no Brasil.

Segundo ela, o setor de construção foi beneficiado por este período de isolamento a partir do momento em que as pessoas foram obrigadas a conviver mais tempo dentro de suas casas. “Essa, se é que podemos dizer, foi uma mudança favorável porque as pessoas puderam entender o que era necessário no ambiente em que viviam”, disse.

Durante a live, Maria Cristina, que também é diretora e cofundadora do Grupo Mulheres do Brasil, afirmou que o mundo da tinta mudou e o consumidor está buscando cada vez mais produtos que sejam funcionais. Em 2001 a Lukscolor foi a primeira empresa a trabalhar com tintas com perfume e sem aquele cheiro tradicional do produto, que sempre incomodou. “O setor está se reinventando para levar mais alternativas ao consumidor que está cada vez mais exigente”, e completou ao dizer que a “a crise viabilizou alterações, avanços e inovações que não eram possíveis em anos anteriores. Esta mudança nos leva a pensar sobre outros planos impossíveis não realizados por não termos o senso de urgência ou a necessidade em determinado momento”.

Cristina comentou ainda que o movimento DIY (faça você mesmo) é algo que veio para ficar ainda mais forte depois da pandemia. Segundo ela, as pessoas estão se permitindo a fazer movimentos que antes não estavam motivados a fazer. “Um dos legados que podem ficar depois da covid-10 é essa experiência que as pessoas estão tendo em fazer suas próprias aplicações tarefas dentro de casa. Esse comportamento pode, inclusive, se tornar uma terapia”, disse.

Questionada sobre a tendência da venda direta da indústria ao consumidor (D2C), a executiva afirmou que haverá uma complementariedade, mas que a empresa não vai comercializar seus produtos diretetamente para o consumidor final. Ela disse que o canal de vendas do grupo continua sendo com revendedor, mas que acha importante desenvolver soluções de entrega de experiência ao consumidor.  “Precisamos equilibrar os passos. A indústria (no nosso caso) não vai vender direto para o consumidor, mas é importante estar em constante contato para entender como melhorar a vida deles” explicou.

Para a executiva, com todos estes aprendizados, 2020 também será o ano do despertar coletivo da importância dos cuidados pessoais, da socialização, das outras pessoas em nossas vidas, da importância dos amigos, do contato físico, dos cuidados com a casa, um crescimento do maior apreço com o viver de bem com a vida, de bem consigo mesmo, com seu espaço de viver e com os seus.

As empresas Lukscolor e Luksnova, marcas de tintas imobiliárias e diluentes, decidiram produzir álcool 70% e estão fornecendo o produto gratuitamente, desde o último dia 16 de março, para o Hospital Emílio Ribas e à Comunidade de Paraisópolis, dentre outras entidades que estavam necessitando do produto, durante a pandemia da Covid-19. Os colaboradores da empresa também receberam o álcool 70% para atendimento aos seus familiares.

Este webinar contou com a mediação de Marcos Gouvêa de Souza, diretor-geral do Grupo GS& Gouvêa de Souza, além de patrocínio da ACI Universal Payments, empresa com solução única e universal que oferece pagamentos em tempo real corporativos e de varejo.

* Imagem reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, adicione seu comentário!
Coloque seu usuário aqui